Algumas Curiosidades sobre as tempestades

tgqms9i6

O comprimento médio da trajetória de um relâmpago na atmosfera vai de 5 a 10 quilômetros.

O número de descargas que ocorrem em nosso planeta pode chegar a 100 em cada segundo.

Todos os dias acontecem mais de 40 mil tempestades na Terra.

A segunda quebra da rigidez dielétrica do ar, a que ocorre próxima ao solo, é quase instantânea e dura 100 milisegundos (1 décimo de segundo). Curiosamente, esse é o tempo de remanescência, tempo que dura uma vibração auditiva em nossos ouvidos.

O intervalo médio entre as descargas de retorno é de 40 milisegundos, ou 4 centésimos de segundo.

Com a velocidade da Carga Líder (100 km/s) poderíamos ir da Terra até a Lua em 1 hora e 4 minutos, aproximadamente.

O canal do relâmpago pode aquecer de 20 a 30 mil graus Celsius em 10 microssegundos.

Durante o curto lapso de tempo de duração do relâmpago, cerca de 100 quintilhões de elétrons descem da nuvem para a Terra.

O campo elétrico da Terra é de 120 volts por metro, apontado para baixo. Se considerarmos o planeta como um condutor esférico, a carga que ela poderia acumular vale, em módulo, quase 600.000 Coulomb.

Quando uma descarga de retorno acontece, são transferidos ao solo quase 10 Coulomb em milionésimos de segundo. A corrente ali varia de 30 a 40 mil Ampère. Numa tomada residencial, por exemplo, a corrente não chega a 1 Ampère.

O ponto de encontro do Líder Escalonado com o Líder Conectante, também conhecido como distância de atração, pode acontecer de 10 a 100 metros do solo. Alguns prédios, se muito altos, precisam levar em conta, em seus sistemas de proteção, a possibilidade de receberem diretamente a descarga desse encontro.

O tempo para o acúmulo de mais cargas na base da nuvem varia de 3 a 6 centésimos de segundo. Uma partícula formada na atmosfera superior pelo choque de raios cósmicos com moléculas de ar, conhecida como múon, tem tempo de vida bem menor: 2,2 milionésimos de segundo.

O campo elétrico entre a nuvem e o solo varia de 100 a 400 mil volts por metro.

A descarga de retorno viaja a 100 milhões de quilômetros por segundo, um terço da velocidade da luz.

As nuvens cumulonimbus podem cobrir regiões inteiras. Seu diâmetro varia entre 10 e 20 Km, mesmo valor de sua altura em relação ao solo. Duração: 30 a 90 minutos. Velocidade: 40 a 50 Km/h. Número de tempestades por dia: 2000 (16 milhões por ano).

Fonte: Universidade Federal do Pará (UFPA)

 

  • Errata com a colaboração do leitor Victor Santos.
    Ao invés de: “A descarga de retorno viaja a 100 milhões de quilômetros por segundo, um terço da velocidade da luz….”
  • LEIA-SE “A descarga de retorno viaja a 100 mil quilômetros por segundo, um terço da velocidade da luz….”

2 Respostas

  1. Débora disse:

    Esta é uma ótima coisa… Entendi tudo foi muito bom…
    Muito

  2. cainã disse:

    imagine uma tempestade eletrica em um cara de carro boooooom

Deixe um Comentário

Proudly designed by Clickmidia.