Vírus infectam computadores da Estação Espacial Internacional

virus-espacial

da Folha Online

Laptops da ISS (Estação Espacial Internacional, na sigla em inglês) foram infectados por vírus com a capacidade de furtar senhas. A informação foi confirmada pela Nasa (agência espacial norte-americana), que classificou o incidente como um “estorvo” que não prejudicou as atividades no complexo.

“Essa não é a primeira vez que nós temos uma praga ou um vírus”, afirmou o porta-voz da agência Kelly Humphries, ao site da revista “Wired”. “Não é uma ocorrência freqüente, mas não é a primeira vez”.

A ISS não tem acesso direto à internet, mas os astronautas podem receber e enviar e-mails por meio de uma rede utilizada também para transmitir dados e vídeos. Segundo a agência, os computadores infectados são utilizados para atividades básicas, como trocas de mensagens e experimentos nutricionais.

Segundo o site SpaceRef.com, o vírus encontrado foi o W32.Gammima.AG –a praga foi detectada pela primeira vez no ano passado e pode furtar logins para acesso a games na internet. A Nasa ainda estuda as causas do problema, para impedir que ele volte a acontecer.

A estação, que custou aproximadamente US$ 100 bilhões, é um projeto internacional do qual participam 16 nações, e já conta com componentes da Rússia, dos Estados Unidos, do Japão, do Canadá e da União Européia. Atualmente, o complexo é habitado por três tripulantes: os russos Serguei Volkov e Oleg Kononenko e o norte-americano Greg Chamitoff.

Fonte: Folha Online

Deixe um Comentário

Proudly designed by Clickmidia.