Como enfrentar o medo ao volante

enfrentar-o-medo-do-volante

Alguns motoristas se encontram com essa fobia, ás vezes por motivo de algum acidente ou mesmo começou a ter ansiedade ao dirigir, mas existe muitas maneiras de se livrar deste fantasma:

O motorista, já habilitado deve ter certeza de que sabe dirigir, ou seja, de que domina pelo menos os princípios básicos da condução do automóvel.

Se o medo for intenso, é preferível começar aos poucos. Primeiro entre no carro e dê a partida, sem tirá-lo do lugar.

Depois o exercício pode ser algo como tirar e colocar o veículo na garagem.

Vencidos estes obstáculos é hora de ter contato com outros carros, dando uma volta no quarteirão.

É necessário repetir as voltas até não sentir mais desconforto e insegurança ao fazer aquele percurso. Pisicólogos afirmam que isso leva em média sete voltas.

Chega o momento de escolher outros quarteirões, perto de casa.

Repita as voltas durante alguns dias, em pelo menos três quarteirões.

O passo seguinte é estabelecer objetivos: ir à padaria, à farmacia e a escola, por exemplo.

Liste-os em ordem crescente de dificuldade, enfrentando-os gradativamente.Procure ajuda de um instrutor de trânsito. Ao dirigir junto a um profissional nos sentimos mais seguros.

Aproveite para observar, eliminar dúvidas, fazer testes simulados (virtual), se sentindo como um aprendiz você se sente mais a vontade de errar e recomeçar.

Depois de refazer algumas aulas, seu teste final é pegar uma estrada, que requer mais malícia, pois a velocidade é maior.

O conselho é fazer isso apenas quando tiver domínio total das situações da cidade.

Se ainda estiver inseguro, procure um psicólogo. Este profissional irá lhe ajudar a sair da toca e ser um novo motorista.

Fonte: Jornal Mão na Roda

Deixe um Comentário

Proudly designed by Clickmidia.