Halloween, 31 De Outubro: A História Do Dia Das Bruxas

BRUXA

Sobre bruxas

Quando você ouve falar em bruxa, muito provavelmente imagina uma velha horrorosa, com um nariz enorme, torto e verruguento, com um chapéu de copa alta na cabeça, usando um vestido preto,  montada numa vassoura e dando gargalhadas sinistras e histéricas. Imaginará também que essa figura repugnante pratica magia negra e devora criancinhas. Aliás, a história da Branca de Neve contribuiu bastante para a divulgação dessa imagem. Ficará surpreso, portanto, quando souber que a palavra “bruxa” tem origem no idioma sânscrito (a língua sagrada da Índia) e significa “mulher sábia”.

A causa

A imagem distorcida que se tem dessas mulheres se deve à cruel perseguição movida contra elas pela igreja católica, na Idade Média – conhecida também como “Idade das Trevas”.

Naquele tempo, a igreja católica romana dominava todo o mundo ocidental e quem desobedecesse aos seus rígidos preceitos era torturado barbaramente e queimado vivo nas fogueiras.

Mulher acusada de bruxaria sendo queimada viva por padres medievais

Qualquer coisa que se dissesse ou fizesse, e que não estivesse escrito na Bíblia, era considerada heresia, sacrilégio e bruxaria. Foi o que aconteceu com o sábio Giordano Bruno e quase aconteceu com o gênio Galileu Galilei. Um bom retrato da brutalidade e da hipocrisia daqueles tempos vergonhosos é o filme “O Nome da Rosa”, com o ator Sean Connery, baseado no premiadíssimo livro do mesmo nome, de autoria do professor e pesquisador da Universidade de Roma Umberto Eco.

A verdade

No princípio, as bruxas eram respeitadas e admiradas como sábias e benfeitoras, até a igreja católica lhes atribuir o significado negativo de mulheres dominadas pelo demônio e por instintos inferiores.  Na verdade, as bruxas eram apenas mulheres que conheciam e entendiam de ervas medicinais para cura de enfermidades e colocavam em prática seus conhecimentos, sem nada cobrar, nos vilarejos onde habitavam. Com a chegada do cristianismo, começou a imperar uma era machista.  As mulheres foram então colocadas em segundo plano e tidas pelos cristãos fanáticos como objetos de pecado utilizados pelo diabo. Muitas mulheres não aceitaram essa identificação e rebelaram-se. Essas, dotadas de poder espiritual, começaram a obter novamente o prestígio que haviam perdido o que passou a incomodar o poder religioso. Assim, acusar uma mulher de bruxaria ficou fácil, bastava uma mulher casada perder a hora de acordar, que o marido a acusava de estar sonhando com o demônio. Veja a mensagem do site Wicca – uma instituição que congreba bruxos e bruxas do mundo inteiro:

 

  • Nós não somos maus.
  • Nós não prejudicamos nem seduzimos pessoas.
  • Nós não somos perigosos.
  • Nós somos pessoas normais como você.
  • Nós temos famílias, empregos, esperanças e sonhos.
  • Nós não somos um culto.
  • Nós não somos o que você acha que somos quando vê TV.
  • Nós rimos e choramos, exatamente como você.
  • Nós somos sérios, mas também temos senso de humor.
  • Você não precisa ter medo de nós.
  • Nós não queremos converter você.
  • E, por favor, não tente nos converter.
  • Apenas nos dê o mesmo direito que nós damos a você, ou seja, viver em paz.
  • Nós somos muito mais parecidos com você do que você imagina.

O Dia das Bruxas (Halloween)

A origem do Halloween vem das tradições dos antigos povos que habitavam a Gália e as ilhas britânicas, entre os anos 600 a.C e 800 d.C. Origalmente, o Halloween não tinha qualquer relação com bruxas. Tratava-se simplesmente de um grande festval do calendário celta, na Irlanda – o Festival de Samhain, que ocorria entre os dias 30 de outubro e 2 de novembro e que marcava o fim do verão e homenageava os mortos. “Samhain” significa exatamente “fim do verão”, na língua celta. É interessante notar que o Dia de Finados cristão é celebrado precisamente no dia 2 de novembro.

Origens

A festa do Halloween tem duas origens que se mesclaram ao longo do tempo:

  • A origem independente tem a ver, como já dissemos, com o Festival do Samhain. A invasão das Ilhas Britânicas pelos romanos, em 46 a.C.,  acabou misturando a cultura latina com a celta, sendo que a celta desapareceu com o tempo. Pouco sabemos sobre a religião dos druidas, pois não se escreveu nada sobre ela: tudo era transmitido oralmente de geração para geração. O festival era celebrado com ritos presididos pelos sacerdotes druidas, que atuavam como “médiuns” entre as pessoas e os seus antepassados. Dizia-se também que os espíritos dos mortos voltavam, nessa data, para visitar seus antigos lares e guiar os seus familiares rumo ao outro mundo.

 

  • – A origem católica: desde o século IV a Igreja da Síria consagrava um dia para festejar “Todos os Mártires”. Três séculos mais tarde o Papa Bonifácio IV († 615) transformou um templo romano dedicado a todos os deuses (Panteão) num templo cristão e o dedicou a “Todos os Santos”. A festa em honra de Todos os Santos, inicialmente era celebrada no dia 13 de maio, mas o papa Gregório III († 741) mudou a data para 1º de novembro, que era o dia da dedicação da capela de Todos os Santos na Basílica de São Pedro, em Roma. Mais tarde, no ano de 840, o papa Gregório IV ordenou que a festa de Todos os Santos fosse celebrada universalmente. Como festa grande, esta também ganhou a sua celebração vespertina ou vigília, que prepara a festa no dia anterior (31 de outubro). Na tradução para o inglês, essa vigília era chamada All Hallow’s Eve (Vigília de Todos os Santos), passando depois pelas formas All Hallowed Eve e “All Hallow Een” até chegar à palavra atual “Halloween”

9 Respostas

  1. thalyta disse:

    nosssssssa gente sinistro essa paradinha aiiiiiiiii to ate arrepiada e quem mandou falar mal da igreja catalica

  2. thalyta disse:

    nosssssssa gente que meda nunca mais vou olha coisas desse tipo medoooooooooooooooooo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  3. Carlos disse:

    Olha muito interessante estes comentários sobre o dia das bruxas, porém achei os comentários sarcásticos com relação ao cristianismo. Quero deixar claro que não sou religioso, sou Cristão.

  4. Nanda disse:

    Gostei muito da explicação.Embora já soubesse mais ou menos. Infelizmente a Igreja Católica insiste em punir a todos seja com crenças sobre o inferno de fogo ou qualquer outra coisa…é muito contraditório!
    Sempre gostei de assuntos relacionado a bruxas e histórias dos séculos anteriores!

  5. majjorton disse:

    Mas renho uma dúvida sobre as bruxas. no antigo testamento Deus disse para Moises para não poupar nenhuma bruxa. Se a maioria das bruxas fossem boas por que lhe foi dada essa ordem e escrita do velho testamento???

  6. vivi disse:

    E mais uma vez as mulheres acabam levando fama de más por uma ignorância machista!
    Basta uma mulher ser inteligente, sábia ou mais capaz que os homens em qualquer aspecto, que eles inventam uma desculpa esfarrapada para mancharem a nossa imagem.
    Porém, eles não perdem por esperar. Aos poucos nós estamos conquistando nosso espaço na sociedade e mostrando que nós podemos fazer tudo o que os homens fazem e não perder a pose em cima do salto alto, afinal, so nós podemos aguentar a dor de carregar um filho no ventre, cozinhar, trabalhar com qualidade, lavar, passar, cozinhar e cuidar dos filhos, porque os homens ( que dessa liata, só conseguem realizar o segundo item) lem a fama de serem melhores do que nós?

  7. jusiclei disse:

    eu acho que eu parece um bruxo e deveria tambem ser o dia dos bruxos eu sou um lobisomem da meia noite

  8. rafaela disse:

    eu acho que um menino da minha sala e um lobisomen da meia noite todo mundo dis isso dele ele se trans forma no fundo da sala kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk kkkkkkk ass ;rafaela 9ano c

Deixe um Comentário

Proudly designed by Clickmidia.