3 enfermeiros que são verdadeiros Anjos da Morte por assassinarem pacientes

post-4

1. Daniela Poggiali

Chamada de Anjo da Morte, a enfermeira italiana Daniela Poggiali matava os pacientes que a incomodavam. Acredita-se que 98 pessoas perderam as vidas através de seus atos – ela chegava a tirar selfies com os cadáveres! Ela foi presa em 2014 e condenada à prisão perpétua, mesmo jurando inocência.

21192541267358

 

2. Charles Cullen

O enfermeiro Charles Cullen exerceu a profissão por mais de 16 anos. Acredita-se que ele possa ter tirado mais de 300 vidas nesse período, mas ele nega inocência. Cullen diz que seus atos foram por misericórdia, mas o juiz não aceitou esse argumento. Ele foi condenado a 11 prisões perpétuas, sem direito a liberdade condicional.

21192730584362

 

3. Genene Jones

A enfermeira pediátrica Genene Jones pode ter matado mais de 40 crianças que estiveram sob seus cuidados entre os anos de 1971 e 1984. Ela injetava drogas na intenção de “quase matar” e, com isso, conseguir ressuscitar os pacientes e ter momentos de glória por isso. Infelizmente, muitos perderam a vida enquanto ela fazia essas experiências mortíferas. Em 1985, Jones foi condenada a mais de 100 anos de prisão, mas pode ganhar a liberdade em 2018 devido a leis do Texas que tentam evitar a superlotação de presídios.

21192634488360

Fonte: ALLDAY/ERIKA MARIE

Deixe um Comentário

Proudly designed by Clickmidia.