7 fatos que marcaram o mês de agosto

capa_agosto

Veja alguns fatos no século passado que marcaram o mês de agosto. E marcaram de forma um tanto quanto negativa, digamos:

  • A Primeira Guerra Mundial

Faltavam apenas três dias para o início do mês de agosto quando o Império Austro Húngaro bombardeou a Sérvia. Dai o império alemão declarou guerra ao império russo, em 1º de agosto de 1914, transformando um conflito que até então era regional, em uma disputa que rapidamente se espalhou por toda a Europa.

  • A bomba atômica: Hiroshima e Nagasaki, no Japão

A primeira bomba, enviada pelos Estados Unidos que destruiu, a cidade de Hiroshima no dia 6 de agosto de 1945, deixando 80 mil vítimas, mas esse número chegou a dobrar depois, quando foram considerados os mortos por ferimentos ou consequências da radiação emitida pela bomba nuclear. Três dias depois, os americanos voltaram seu alvo para a cidade portuária de Nagasaki. Somando as vítimas que faleceram na hora e as que sofreram sequelas, calcula-se que foram mortas certa de 150 mil pessoas na ocasião.

 

  • O suicídio de Getúlio Vargas

Enfrentando os ataques da oposição, Vargas disse que só sairia do poder morto e cumpriu sua promessa em 24 de agosto de 1954, suicidando-se com um tiro. E ainda deixou uma carta testamento que entrou para a história e incitou várias manifestações de apoio ao presidente.

  • RIP Marilyn Monroe e Carmen Miranda

Ambas faleceram no dia 5 de agosto. Carmen Miranda no ano de 1955 e Marilyn Monroe em 1962.

 

  • A construção do Muro de Berlim

Em 13 de agosto de 1961 os guardas começaram a construir o muro que separaria a capital alemã em duas partes. A barreira era feita com arame farpado, mas depois foi construído o muro que manteve a cidade dividida até 1989.

  • A Renúncia do presidente Jânio Quadros

Em 25 de agosto de 1961 o presidente Jânio Quadros, que estava há apenas sete meses no poder, renunciou ao cargo. Esperava-se que as pessoas clamassem por sua volta, mas sua saída apenas agravou a crise política em que o Brasil estava inserido.

  • O Fim da Primavera de Praga

Os tanques comandados pelo governo soviético invadiram a cidade de Praga, capital da República Tcheca para reprimir a Primavera de Praga no dia 21 de agosto de 1968. O movimento, comandado pelo reformista Alexander Dubcek, buscava mais liberdade dentro do regime comunista imposto pelos soviéticos.

Fontes: UOL e Revista Superinteressante.

One Response

  1. Dayane disse:

    Faltou a morte de Elvis Presley, 16/08/77.

Deixe um Comentário

Proudly designed by Clickmidia.