Área 51

Area-51

Área 51 é um dos nomes atribuidos à área militar restrita no deserto de Nevada, próxima ao Groom Lake, Estados Unidos. Muito provável que seja uma das bases de testes aéreos mais sigilosas do planeta, mas é conhecida mundialmente por uma série de supostos acontecimentos ocorridos na década de 1970, e que alguns atribuem a um “envolvimento” e “contato” do exército americano com extraterrestres. Nenhum desses argumentos foi confirmado, deixando uma incógnita no domínio popular.

Há inúmeros documentários, livros e filmes que tratam sobre o tema, porém, não são imparciais na questão dos rumores extraterrestres, sempre submetendo a àrea como um “Sítio extraterrestre”. Também chamada de Watertown (Cidade Aquática), Dreamland (Terra dos Sonhos), Paradise Ranch (Fazenda do Paraíso), The Farm (A fazenda ), The Box (A Caixa ), Groom Lake (Lago Groom) e Independence Day (Dia de Independência ).

Geografia

A Área 51 é uma área de aproximadamente 155 km² no Condado de Lincoln, Nevada. Faz parte da (12 139 km²) Nellis Air Force Range (NAFR).

Imagens do Google Earth puderam mostrar mais sobre as pistas de pouso do complexo. A pista de pouso do local é a 14L/32R, construída na década de 1990, medindo 3651 x 61 m.

A Área 51 faz divisa com o Nevada Test Site (NTS), local de testes nucleares. A Montanha Yucca, depósito nuclear, fica aproximadamente a 64 quilômetros a sudoeste do Groom Lake.

Operações

Dreamland é muito sigilosa à questão de suas atividades, deixando à imaginação o que o governo submete à área, o fato é que seria somente mais uma base aérea.

Satélites soviéticos obtiveram fotos do local em plena Guerra Fria, mas só chegaram a conclusões básicas. Eles descreveram uma instalação comum com pistas de pousos, hangares etc, mas nada que provasse a suposta base subterrânea. Mais tarde, novas fotos saíram de satélites comerciais, mas sem nada de excepcional.

Lá foram testados aviões como o U-2 (utilitário 2) e o A-12.

A Área 51 na cultura popular

A base já foi vista em episódios de séries como Os Simpsons, Futurama, Family Guy, Johnny Test American Dad, Arquivo X, Taken, Seven Days, Jornada nas Estrelas: Deep Space 9, Kim Possible, Tracker (na verdade, o episódio se chamava ‘Area 51’, mas a base envolvida era Roswell), Transformers, Stargate SG-1 e nos desenhos X-Men Evolution, Megas XLR e em Jovens Titãs; E em filmes como Groom Lake, Looney Tunes: De Volta À Ação (nesse filme a área 51 é área 52, pois, segundo o filme, a área 51 era uma lugar imaginário para esconder a área 52, Hellboy, Transformers, Independence Day e em Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal, e em jogos de computador e video games como Area 51, Deus Ex, Duke Nukem 3D, Tomb Raider III, Perfect Dark, The Pandora Directive, Twisted Metal 3, Grand Theft Auto: San Andreas (Área 69), Castle Cat 3, Destroy All Humans! e Sim City 4 (Área 5.1). Já apareceu também em várias histórias da série literária Área 51 (de Dale Brown e Robert Doherty), que conta o que ocorreu após os cientistas da Área 51 terem feito contato com extraterrestres. A Área 51,com denominação de Hangar 51, aparece no filme “Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal”.

A Divisão 47, uma área de Strangetown (Estranhópolis ou Vilastranha) na versão para PSP de The Sims 2, é baseada na Área 51.

A Área 51 já foi usada em vários jogos de RPG como parte da trama. No jogo Conspiracy X, é uma base de operações para as missões de combate de alíenigenas. Em Call of Cthulhu, uma expansão de Delta Green, a base é o local aonde são feitos estudos de seres extraterrestres. Deadlands apresenta uma versão da base situada no ano 1880, chamada “Forte 51”. Em World of Warcraft, Area 52 é umas das bases Goblins, utilizada para pesquisas no ramo da Engenharia. Em Crash Bandicoot: Warped, uma das fases de corrida se chama “Area 51?”

Muitas empresas usam o nome Área 51, como a Alienware, que usou o nome para batizar uma série de computadores; uma das áreas do serviço de hospedagem do Geocities; um motor da Aprilia e inúmeras livrarias especializadas em ficção científica.

Em 1994, a versão 2.0 do ROM para o PDA da Apple Newton, incluía uma coordenada de latitude e longitude da Área 51 dentro da aplicação Time Zones, como um Easter Egg. Essa brincadeira foi removida à mando da CIA e do FBI, sendo bloqueada por um software, mas é possível ainda acessá-lo.

A cidade de Rachel, Nevada (a cidade mais próxima da base) possui uma pequena fama por ser “o lar oficial da Área 51”. Localizada a três horas de carro a partir de Las Vegas, Racheil recebe um modesto número de turistas por ano, e várias lanchonetes e lojas vendem comida e artigos com temática “alienígena”. Um pequeno museu vende mapas, fotos, broches e outros artigos, e um bar local, chamado “The Little A’le’Inn”, orgulhosamente exibe uma cápsula do tempo ganha da equipe de produção do filme Independence Day.

Há um time de uma pequena liga de beisebol em Las Vegas chamada Las Vegas 51s. O logotipo é a imagem de um extraterrestre cinza.

2 Respostas

  1. Mario Hideki Nako disse:

    Não foi por acaso que toda esta história de disco-voadores surgiu justamente na época da Guerra-fria, pois é muito provavel que os discos voadores que caíram nessa área 51 não passassem de balões espiões russos. Mas para não causar pânico na população com a ameaça de um ataque nuclear russo, o governo mistificou a verdade dizendo que os objetos não identificáveis eram alienígenas. Causando, dessa forma, uma paranóia de que os marcianos estariam invadindo a Terra.

  2. priscila disse:

    Faltou dois filmes Aterrorizados (Altered) e contatos de 4 grau.

Deixe um Comentário

Proudly designed by Clickmidia.