Carros irão ligar para resgate em caso de acidente

BKL-1

Parlamento Europeu aprovou resolução para que, a partir de 2015, carros novos sejam equipados com tecnologia para ligação automática para serviços de resgate.

Em 2015, o Parlamento Europeu quer que todos os carros novos alertem automaticamente os serviços de emergência em caso de um acidente, por meio de um serviço conhecido como eCall.

O Parlamento aprovou uma resolução neste sentido, e pediu à Comissão Europeia a criação da lei.

A introdução do eCall, projetado para automaticamente ligar para o número de emergência europeu 112 quando um carro bate, permitiria que os serviços de resgate chegassem mais rápido, salvando até 2,5 mil vidas por ano e reduzindo a gravidade dos ferimentos de 10% a 15% por cento, de acordo com o Parlamento.

A chamada pode ser disparada por sensores a bordo, tais como os do airbag, ou por qualquer ocupante do carro por meio de um botão.

Dispositivo que será implantando nos carros novos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Os sistemas eCall também usarão satélites e localização via antenas para determinar a posição do carro acidentado. Com base nisso, o sistema entra em contato com o centro de emergência mais próximo, e também vai enviar um conjunto mínimo de dados (MSD), que inclui a hora, a direção em que o veículo estava viajando, identificação do carro, indicação se a chamadal foi acionada automatica ou manualmente e informações sobre um eventual prestador de serviços. Enviar os dados extras ajuda a reduzir mal-entendidos e a eliminar barreiras linguísticas entre os ocupantes do veículo e o operador, defende a proposta.

O sistema não deve ser utilizado para monitorar os movimentos de uma pessoa ou determinar sua localização, a menos que ela tenha sido envolvido em um acidente, diz o texto.

A idéia do eCall está em pauta desde 2003, e a Comissão Europeia assinou um acordo com montadoras e empresas de tecnologia em 2005 para equipar os carros novos com o sistema eCall a partir de 2009. No entanto, a adoção voluntária falhou e até agora apenas 0,4% dos automóveis europeus estão equipados com o sistema, disse o Parlamento. É por isso que os deputados pediram urgência à Comissão Europeia para a criação de uma lei, e para estender no futuro o sistema a outros veículos, como ônibus, motocicletas e caminhões.

Os deputados disseram que o serviço deve ser gratuito para todos os condutores na Europa. Um dispositivo eCall deve custar cerca de 125 dólares quando implementado em todos os veículos, de acordo com um documento no site da Comissão Europeia. A Comissão espera que o eCall pode também ser explorado comercialmente, por exemplo, para sistemas de seguro avançados, rastreamento de veículos roubados e pedágios.

A implantação completa do sistema eCall exige a cooperação entre as autoridades públicas, empresas de automóveis e operadoras de telefonia móvel. Se ele for obrigatório, as montadoras terão de equipá-lo em todos os carros novos, e os Países da UE terão de atualizar seus sistemas de chamada de emergência em conformidade com as normas da tecnologia.
Fonte: IDG Now

Deixe um Comentário

Proudly designed by Clickmidia.