Como funcionam as ações e o mercado acionário?

Como-funcionam-as-ações-e-o-mercado-acionário

Você pode através de qualquer banco estar investindo indiretamente em ações através de um Fundo de Investimento vinculado a uma carteira de ações. O FIA ETHICAL do Banco ABN AMRO Real é um exemplo.

Pode também entrar (ou fundar) num clube de investimentos associado a uma Administradora. Um exemplo seria o Investvale Clube dos Funcionários da CVRD, o clube é fechado, mas exemplifica o que quero dizer (www.investvale.com.br). Existem vários clubes que aceitam novos membros, basta procurar.

Mas se queres brincar diretamente, comprando e vendendo ações, terás que abrir uma conta em uma corretora de valores, ou ainda assim poderá fazê-lo através do Home Broker do Banco do Brasil (é óbvio que terá que abrir uma conta no banco).

Algumas taxas por transações não são cobradas pelas corretoras e sim pelos órgão correlatos (CVM e Bovespa). As corretoras apenas servem como “mediadoras”, cabem às corretoras as taxas de custódia que podem variar entre R$9,00 a R$200,00 mensais (isso mesmo R$200,00 mensais só pela manutenção da conta na corretora).

Além da taxa de custódia, pode-se pagar taxa de corretagem fixa, taxa de corretagem variável (dependendo da corretora), taxa da Bovespa, Imposto de Renda (somente para operações acima de R$20.000,00), isso sem contar com custos de DOC/TED para transferir o dinheiro para a corretora e o CPMF. Tais taxas podem ser pesquisadas no site do Bovespa ( www.bovespa.com.br ), de sua corretora escolhida ou ainda através do link acima.

Portanto esse tipo de aplicação NÃO é para se investir pouco, por menos de uns R$ 5.000,00 e uma visão de médio ou longo prazo não aconselho ninguém a arriscar, pois os custos, comprometem demasiadamente os rendimentos. Exemplo: Se você comprasse 10 ações da ITAU4F a R$78,56 cada (investimento de R$ 785,60), para não perder dinheiro, você deveria vende-las a R$87,40 cada, para um investimento de longo prazo, isso poderia até ser plausível, mas para uma visão de curto ou médio prazo, uma valorização de 11,20%, como a descrita no exemplo, é pouco provável para uma ação Blue Chip.

Ações são normalmente vendidas por lotes (de 100 ou 1.000), mas poderá atuar no mercado fracionário comprando/vendendo a quantidade que desejar, mas neste caso a cotação é paralela e o preço das ações tendem a ter uma leve variação em relação às ações negociadas em lotes. É usada a letra “F” ao final do nome de cada ação, para diferencia-la das ações negociadas em lotes. Por exemplo: As ações preferenciais da Petrobrás recebem o código PETR4 (lote com 100 ações), já as mesmas ações negociadas no mercado fracionário recebem o código PETR4F (ação unitária).

Para investimentos de médio e longo prazo neste mercado, é aconselhável sempre estar revendo as posições. Para investimentos no curto prazo (especulação) é bom ter muito conhecimento do mercado e seus mecanismos, além de uma boa rede de informações altamente confiáveis e atuaizadas.

As operações ocorrem em D+3, mas é perfeitamente possível obter lucros em menos de duas horas, comparndo uma ação pela manhâ e vendendo a tarde, por exemplo. O que chamamos de operações Day Trade, ou seja compra e venda no mesmo dia.

Esteja muito atento para a questão da liquidez das ações escolhidas, por exemplo: ações da Petrobrás tem liquidez quase que instantânea, mas o mesmo não acontecem com ações da Varig, por exemplo. Em outras palavras uma ordem de venda para a Petrobrás (PETR4) tende a ser efetivada muito mais rapidamente que para a Varig (VAGV5).

Outro ponto interessante: é perfeitamente possível uma ação valorizar-se em mais de 200% em um dia (isso mesmo 200% não é exagero), mas isso dificilmente acontecem com ações de empresas seguras. E mesmo que aconteçam nada garante que conseguirás obter 200% de lucro. Mais uma vez a questão da liquidez vem a tona, pois até você efetivamente realizar a venda a ação pode ter se desvalorizado bastante. Um bom exemplo é a própria Varig que no ano passado de 2006, dadas as incertesas teve picos de alta e queda (altas de quase 80%), mas dada as incertezas quanto ao seu futuro, ninguém se arriscava a comprar suas ações, ou seja, liquidez zero. Portanto, aos iniciantes é preferível crescer pouco, mas crescer sempre diante disso dê preferência às ações Blue Chips, por serem mais seguras e pertencerem a empresas sólidas. Um exemplo também interessante ocorreu em janeiro de 2006 onde as ações, de forma geral, tiveram uma super valorização naquele mês, a PETR4 rendeu quase 25%, ou seja, mais que quatro anos de caderneta de poupança.

Para o acompanhamento utilizasse uma feramenta que chamamos de HOME BROKER que nada mais é que o acompanhamento das ações negociadas na Bovespa em tempo real. Nesse instrumento é possível acompanhar o andamento e os preços de todas as ações de qualquer lugar (através de um notebook). Sendo afiliado a uma corretora ou através do BB é possível acompanhar sem problemas, não há necessidade de baixar programas específicos, mas é bom ter um computador de ponta e internet de banda larga.

É imprescindível, a meu ver, uma operação a nível experimental. Só através dela terás a real noção dos prazos, valores e custos envolvidos na transação. Minha sugestão é comprar e vender umas cinco ações de alguma empresa de ponta como a VALE5F, por exemplo. Mas não se ilude, terás pelo menos uns R$80,00 de prejuízo, dado o valor muito baixo negociado, tal prejuízo dependerá do custo das ações, sua valorização e principalmente a quantidade negociada, mas deverá oscilar em torno do valor supra citado. A princípio não deves encarar esta perda como um prejuízo mas sim um custo do aprendizado. Se tiver conta no BB, acredito ser um ótimo começo, dada a taxa de custódia muito baixa e a não necessidade em transferir recursos para uma corretora, onde incidiria CPMF, sem mencionar o custo do TED ou DOC.

Com o intuito de lhe auxiliar, vide este simulado exemplificativo das operações realizadas através do Banco do Brasil:

Estou supondo a compra de 55 ações da PETR4F a um preço unitário de R$70,90 e venda em 24 meses depois.

Valor das ações: R$ 70,90 x 55 = R$3.899,50

Taxa de corretagem, compra/venda: R$20,00 / R$20,00
Taxa iBovespa compra/venda: R$1,36 / R$ 1,46
Taxa de custódia (taxa cobrada mensalmente pelo BB): R$ 9,00 x 24 = R$216,00
CPMF total: R$ 15,80

Somatório das taxas e imposto acima: R$274,63

Diante do exposto acima, para que você não tenha prejuízo algum, a referida ação teria que, em dois anos se valorizar em 7,05%, ou seja, ser vendida a R$75,90 o que é perfeitamente plausível sob a maioria dos aspectos. Acima desse valor o que vier seria lucro.

Notas:
– Os parâmetros para os cálculos acima, estão relacionados às taxas cobradas pelo Banco do Brasil na data de 26/10/2007. Tais taxas estão entre as mais baratas do mercado.
– Só lhe advirto que em dois anos os preços e porcentagens acima podem sofrer alterações. O que afetaria este cálculo.
– Valores reais, baseados no fechamento do pregão em 26/10/2007.
– Estes cálculos não levam em consideração o repasse de lucros e dividendos, algo impossível de saber, previamente.
– Note o peso que a taxa de custódia tem na operação. Em algumas corretoras tal taxa pode chegar a quase R$200,00 mensais, inviabilizando o negócio. Esteja atenta a isso.
– No simulado acima, não estão contemplado valores de transferência tais como DOC e TED, o que também impacta a rentabilidade do investimento quando se atua por uma corretora.
– Tais cálculos apresentam um erro empírico de R$0,01 (um centavo) para mais ou para menos.

Fonte: Yahoo Respostas

Deixe um Comentário

Proudly designed by Clickmidia.