Curiosidades da Fórmula 1

Curiosidades-da-Fórmula-1

Alguns dados curiosos que fazem parte do mundo mágico — e caro — da Fórmula 1.

605kg é o peso mínimo do carro com tanque vazio e o piloto dentro.

 

2kg é o que um piloto perde, em média, por GP.

 

352 toneladas de equipamentos são transportados para os GPs fora da Europa, por aviões de carga.

 

95kg é o peso de um motor V8 de F-1, um dos mais leves do mundo.

 

O câmbio tem 7 marchas, mais a ré, raramente é usada.

 

2,6 segundos é o tempo que um F-1 leva para fazer de 0 a 100 km/h.

 

362 km/h é a maior velocidade atingida num GP atualmente.

 

2000 trocas de marcha são feitas durante um GP de Mônaco, o mais exigente para o câmbio.

 

19 000 rotações por minuto é o giro máximo de um motor numa corrida.

 

2 segundos é o tempo que um F-1 a 200 km/h leva até parar completamente numa freada.

 

20 000 km são percorridos por um F-1 por ano, somando testes, treinos e corridas.

 

25 botões estão no volante do carro, cada um para um comando específico.

 

55ºC é a temperatura média dentro do cockpit.

 

1000ºC é a temperatura do freio de F-1 quando exigido em seu limite.

 

US$ 5000 é o preço de um único jogo de quatro pneus.

 

60 000 pneus são utilizados numa temporada.

 

80 funcionários por equipe comparecem em cada GP.

 

40 Tvs de plasma ficam nos motorhomes das maiores equipes.

 

40 quilômetros de cabos elétricos/eletrônicos fazem funcionar toda a parafernália de equipamento das escuderias.

 

100 quilos de macarrão são servidos nos boxes da Ferrari.

 

1800 pãezinhos são devorados no camarote da BMW, em cada GP.

 

Fonte: www.curiosando.com.br

Deixe um Comentário

Proudly designed by Clickmidia.