Hackers – Ameaça ou ajuda?

hackers

Bom, falemos um pouco da cultura Hacker, sim por que hacker é uma cultura, claro aclamados por um público, repudiados por outros, os Hackers sempre ocupam posições na mídia em geral, mas cabe a nós uma pergunta: Será que aquilo que a imprensa, o cinema e a mídia como num todo o que mostram é verdadeiro? Ou por causa da desinformação sobre determinado assunto a ignorância acaba escondendo o verdadeiro mundo hacker? isso não quer dizer que eu sei tudo ou que seja um hacker. Lembre-se Hacker é uma cultura. Como visto no link anterior tudo foi uma questão de programação, algumas linhas em java, vbs e html fazem esse tipo de “ilusão”. Claro que temos que separar os hackers, crackers, lemmings, wares, lamer, newbie e por aí vai.

Bom, vamos falar de alguns hackers famosos. Mas lembre-se talvez o mais habilidoso dos hackers nunca seja conhecido, ele pode ser seu vizinho ou seu primo ou até mesmo você. Vamos aos ”famosos”.

O Israelense Ehud Tenebaum, mais conhecido como Analyser era fera em invasão e ataque a computadores, após ter participado de um bem organizado ataque contra os computadores do Pentágono, foi preso em 1998. Acho que ele não era tão esperto assim.

Kevin Poulsen o Watchman , era especialista em telefonia, ganhou vários prêmios interceptando ligações (dizem que ganhou um Porche), pegou 4 anos de prisão depois foi trabalhar no Site Security Focus (é diretor lá). John Draper o Captain Crunch dizem que foi o inventor do phreaking. Sinta a imaginação, ele usava um simples apito de plástico para produzir um tom de 2.600Hz., capaz de enganar o sistema de telefonia americano. Assim fazia ligações de graça. Dizem que foi preso também.

O Canadense Mafiaboy confessou ter armado o ataque a Sites como o Yaoo!, CNN e ZD Net no ano passado, como era menor de idade o processo judicial vem sendo movido em sigilo pela justiça Canadense. Pouco se sabe sobre ele, foi pego logo na primeira.

Mark Abene, o Phiber Optik invadiu inúmeros computadores entre 1989 e 1992 . preso, conquistou a simpatia de inúmeros Novayorquinos. Hoje é consultor de segurança.

Vladimir Levin ficou famoso quando invadiu os computadores do Citibank e desviou 10 milhões de dólares, foi preso mas a grana ó nem cheiro.

E finalmente o hoje ator Kevin Mitnick que Chegou a roubar 20.000 números de cartões de crédito e passava pelo sistema telefônico como se fosse de brincadeira, foi o primeiro hacker a entrar na lista dos 10 mais procurados pelo FBI, depois de 4 anos de prisão saiu na condicional e foi proibido de chegar perto de um computador e de uma linha telefônica. Aí um repórter perguntou-lhe: ” Mitnick o que você gostaria de fazer quando terminasse a sua sentença? Mitnick respondeu: quero um computador e uma linha telefônica para ver como é essa internet com gráficos”. Imagina, se o cara numa tela preta era fera imagina numa gráfica.

Existem várias formas de invasão: Backdoor, Netbus, DDOS, Cavalo de Tróia, B.O. Nuke, Bomb e outros. Mas, várias também são as formas de defesa, e a principal é a cautela. Existem várias HP Hackers por aí, agora, tem que haver um certo cuidado. Bom to cansado e na próxima semana falaremos da diferença entre hackers, crackers e etc. Depois sobre programas, e qual a linguagem de programação mais usada. Calma uma coisa de cada vez. Não é uma aula para ser hacker é apenas curiosidade.

  • Hacker: pessoa que entende muito de computadores, comunicação e programação. Muito confundido com “cracker”, o hacker não é um cara totalmente mau; autodidata, conhece várias linguagens de programação, faz os seus próprios programas ou melhora alguns já existentes não é um PHD, mas é bem esperto, o lema do hacker é: invadir qualquer computador, olhar e sair sem mexer em nada ou deixar rastros, caso o hackeado tenha alguma coisa útil ele copia. Alguns consertam até a máquina do hackeado, agora o principal: O Hacker é livre, navega aonde, como e a hora que quiser no local que quiser.

  • Cracker: Bom esse é polêmico, alguns o definem como “hacker mau” , outros como quebradores de segurança. Mas, vale lembrar que eles são muito bons, contudo a maioria é pego e aí leva de 02 a 04 anos de cadeia, depois vai trabalhar numa firma de segurança.

  • Lamer ou Lemming: Esses são o maior barato, cismam em se denominar “Hackers” eh!eh!eh!eh!eh!eh!eh! , escrevem cheio de garranchos incompreensíveis, vivem espalhando BO , Trojans e nucando os outros por aí, saem na porrada virtual nas salas de chat e ICQ, isso te lembra alguma coisa? São os iniciantes verdinhos que com certeza vão amadurecer e se tornar, bom aí ele escolherá o caminho.

  • Warez: Esse não é simples de definir. Warez são programas pirateados, que as vezes nem estão no mercado, e já foram desviados e quebrados, como isso acontece? Só Froid explica.

  • Newbie: É o novato(a) na rede. Ele(a) se mete em lugares que não devia, faz pergunta que não deve. Aí você me pergunta: Isso não é uma atitude Lammer? E eu respondo: Não, é uma atitude ingênua, ele não entra na sala de chat com o nick de newbie estampado. O (a) carinha é ingênuo(a) mesmo.


fonte: www.olaboratorio.com.br

Deixe um Comentário

Proudly designed by Clickmidia.