O engarrafamento mais demorado já registrado na história

capa_engarrafamento

Está achando que o trânsito da sua cidade está ruim, então leia sobre esse engarrafamento que durou 12 dias.

Já vimos em jornais o quanto é caótico o trânsito das cidades de todo o mundo lutem com problemas de tráfego e Pequim (China), é a grande vitoriosa quando o assunto é este. Em 2010, a China National Highway 110, que vai de Pequim para Yinchuan, ficou parada por uma espantosa sequência de 12 dias ao longo de um trecho de 100 km de estrada.

Motoristas ficaram presos em seus carros por até cinco dias o que fez com que os vendedores ambulantes “montassem” seus mini mercados, com comida cara, água e cigarros…

O megacongestionamento se formou a partir da construção de algumas estradas que tinha o objetivo de justamente aliviar o congestionamento da região, no entanto, essas ruas de alto tráfego não poderiam lidar sequer com uma redução temporária de sua capacidade, mais um monte de caminhões de obras. Foi uma questão de muito pouco tempo entre as obras começarem e a situação piorar de vez.

Essa situação se arrastou por quase duas semanas com os carros em movimento em um ritmo extremamente lento de 3 km por dia.

Estranhamente, o engarrafamento desapareceu no 12º dia, o que foi realmente um tempo mais curto do que alguns funcionários haviam previsto. Aparentemente durante a noite, as autoridades locais tinham dispersado o congestionamento, e os carros começaram a se mover com um pouco mais de velocidade, o que não era comum no local já que a rodovia era extremamente propensa a acidentes de trânsito.

Enquanto Pequim detém o recorde para o pior trânsito da história por causa da situação ter se arrastado por semanas, o recorde de mais longo engarrafamento (em termos de distância) vai para São Paulo (Brasil). A capital tem regularmente, engarrafamentos de até 295 quilômetros de comprimento, mas pelo menos não ficam paradas por 10 dias sem mover nenhum centímetro.

Fonte: Knowledgenuts

Deixe um Comentário

Proudly designed by Clickmidia.