O Que Significa a Palavra SPA?

sp

Todo mundo fala em SPA. Está até passando uma novela na TV, na qual existe um SPA que é palco das mais engraçadas peripécias das personagens. É SPA pra lá, SPA pra cá, mas… Você já parou para pensar no que significa esta palavra? Ou melhor, no que significam estas três letras? Bem, existem duas versões. Vamos falar de ambas.

Primeira versão: uma viagem no tempo

Para falar desta primeira versão, temos que voltar no tempo e nos deslocar no espaço. Voltemos aos tempos de Cristo e vamos até Roma, para ver como andam as coisas por lá. Eles falam Latim, uma língua que, hoje, quase ninguém conhece e que só é usada em poucas cerimônias da igreja católica. No entanto, a língua que falamos, o Português, veio do Latim que era falado especificamente numa certa região chamada Lácio. Existe, inclusive, uma poesia de Olavo Bilac, exaltando a beleza do nosso idioma, cujo primeiro verso é Última flor do Lácio, inculta e bela Inculta porque o Português não se originou do Latim clássico, falado pelos eruditos romanos, mas sim do Latim vulgar, falado pelo povão de Roma. Humilhante? Que nada, é apenas um fato histórico. As outras línguas também não têm origens lá tão nobres. O Francês, o Espanhol, o Romeno e o Italiano, por exemplo, vieram da mesma raiz que o nosso bom e velho Português – o Latim do povão romano.

Fim do mistério?

 

Mas isso já é outra história; vamos voltar ao SPA, nosso assunto principal. Percorrendo as ruas desta Roma antiga, observamos diversas construções monumentais: o Fórum, o Coliseu, teatros, templos religiosos e, em lugar de destaque, as Termas (do Latim “thermas” = calor). Termas são fontes de água quente, abundantes em Roma, ainda hoje. Estas fontes são rodeadas por construções imponentes, cheias de arcadas, colunas, esculturas, plantas ornamentais e abastecem grandes piscinas. Os aristocratas romanos, chamados de patrícios, adoram vir se banhar nas águas mornas das Termas, que, segundo dizem, relaxam os músculos, favorecem a circulação do sangue e até curam muitas doenças, como o reumatismo, a asma, a sinusite e outras. E, vejam só, ali, no frontispício da construção está gravada uma frase, claro, em Latim: SANITAS PER ACQUA. Tradução? “Saúde pela Água”. Observem as iniciais desta frase e, segundo essa versão histórica, o mistério está esclarecido: SANITAS PER ACQUA…

1

Ruínas das Termas de Caracala – nome de um dos imperadores romanos.

2

Pintura representando os banhos nas Termas de Caracala.


Segunda versão: menos romantismo

 

A segunda versão desta história é bem menos romântica e mais atual. Existe uma cidade na Bélgica chamada Spa. Os leitores provavelmente já ouviram falar dela, por causa da Fórmula 1. Nesta modalidade do automobilismo existe o Grande Prêmio da Bélgica, do qual faz parte a prova denominada de Circuito de Spa-Francorchamps, que acontece precisamente nessa cidade. A cidade de Spa é bem conhecida, não só por causa do automobilismo, mas também pelas suas termas (que já vimos que são fontes naturais de águas quentes). As termas de Spa são famosas desde os tempos da Roma antiga, da qual nos ocupamos anteriormente. Os romanos as chamavam de Acquae Spadanae – palavra que talvez tenha a ver com o verbo latino spargere (“espargir” em Português). As fontes termais de Spa já eram procuradas por milhares de pessoas no século XIV, época em se celebrizaram pelas suas propriedades curativas. Eram então chamadas de Espa – que significa “fonte”, em valão (língua românica falada na Bélgica e na França).

3

Vista geral do Circuito de Spa-Francorchamps, na Bélgica.

 

Moral da história

 

Pois então, aí estão as duas versões a respeito da origem da palavra SPA. Qual das duas é a verdadeira? Ninguém sabe ao certo. Quem tem temperamento romântico, certamente preferirá acreditar na primeira e, quem tem espírito mais pragmático, optará pela segunda. Você decide.

Tags:, ,

2 Respostas

  1. marli disse:

    é ótimas essas curiossidades

  2. victória disse:

    Adorei!muit legal!

Deixe um Comentário

Proudly designed by Clickmidia.