Por que somos curiosos?

curiosos
  • Por que a curiosidade matou o gato?

Na Idade Média, as pessoas faziam armadilhas para matar gatos porque acreditavam que os bichanos, principalmente os pretos, davam azar. Curiosos, os animais aproximavam-se das armadilhas e, quando mexiam no dispositivo, este era acionado e eles morriam. Foi daí que surgiu aquele ditado, “A curiosidade matou o gato”, significando que a curiosidade pode ter
consequências desastrosas.

  • O bem e o mal

Mas nem sempre a curiosidade – que existe em quase todas as espécies animais – é prejudicial. É graças a ela que os seres humanos fazem suas descobertas. Por exemplo, se não fosse a curiosidade dos navegadores portugueses, o Brasil não teria sido descoberto. A aviação, as viagens espaciais, os antibióticos, enfim, tudo o que o Homem descobriu ou inventou deve-se à curiosidade, um instinto natural e, em princípio, benéfico.

Chamam-se também de “curiosidades” certos fatos pitorescos e fora do comum. Por exemplo, é curioso saber que, em um único segundo, o Sol libera mais energia do que toda aquela que a humanidade consumiu desde que surgiu sobre a Terra até hoje.

  • Curiosidade mórbida

Existem limites para a curiosidade, estabelecidos pela ética social. Não é lícito, por exemplo, espiar aquela prima bonita trocando de roupa pelo buraco da fechadura e nem bisbilhotar o apartamento do prédio vizinho com um binóculo. Xereta, enxerido, intruso, bicão e chato de galocha são alguns nomes com os quais se xinga, merecidamente, quem gosta de espionar a vida alheia.

4 Respostas

  1. francielly disse:

    valeu me ajudou a fazer o trabalho de informatica beijão tou na escola

  2. adriana disse:

    não tem

  3. Fernando rdp disse:

    tem muita gente curiosa mesmo…………….

Deixe um Comentário

Proudly designed by Clickmidia.