Relatório alarmante revela que a carne que você consome pode estar destruindo a Amazônia

post-1

Você sabia que, nas últimas décadas, mais de 750 mil quilômetros quadrados de floresta amazônica foram devastados? E que cerca de 60% dessa área foi transformada em pasto para gado? Mas as florestas não são as únicas vítimas do consumo de carne bovina no Brasil.

De acordo com um relatório do Greenpeace, as redes de supermercado do Brasil têm falhado ao verificar a procedência da carne que comercializam, dando vez a produtos que contribuem para o desmatamento na Amazônia e que podem envolver trabalho escravo e a violência contra povos indígenas.

De acordo com a ONG, a rede Walmart foi a mais transparente em relação à procedência das carnes, seguida pelo Carrefour e pelo Grupo Pão de Açúcar. Este último foi escolhido para ser palco de uma ação de conscientização. Em uma loja da rede em São Paulo, as bandejas de carne ganharam um adesivo em que era possível ler “Você sabe de onde vem esta carne?”.

Além do desmatamento e do possível uso de trabalho escravo e violência contra povos indígenas, o consumo da carne está diretamente ligado ao uso irracional da água. Estima-se que para produzir 1 kg de carne bovina sejam necessários mais de 15 mil litros de água.

carne-greenpeace

carne-greenpeace2

carne-greenpeace3

carne-greenpeace4

carne-greenpeace5

Para ver o relatório completo: Clique aqui

Fonte: Hypeness

Deixe um Comentário

Proudly designed by Clickmidia.