Você já viu um teclado japonês?

Voce-ja-viu-um-Teclado-Japones

Um teclado sempre apresenta diferenças de acordo com o idioma para o qual está configurado. O teclado em português do Brasil, por exemplo, tem teclas para o acento grave (o “`”, que indica crase) e o Ç, símbolos próprios da nossa língua.

O mesmo acontece em outros países: os espanhóis têm a tecla “Ñ“, os gregos têm os caracteres que representam letras como “alfa“, “beta” e “gama” e assim por diante.

A coisa complica um pouco para idiomas não-ocidentais. Vamos pegar o exemplo do japonês: na terra do sol nascente, eles escrevem com dois silabários de 43 caracteres (lembre-se: o nosso alfabeto tem só 23 letras) e com um sistema de centenas de ideogramas, sinais que representam conceitos ou idéias.

Para fazer esse monte de símbolos caberem em um teclado de computador, os japoneses precisaram usar a cabeça. A solução foi engenhosa: as sílabas mais usadas são acessadas diretamente, as menos usadas aparecem com a ajuda de teclas de apoio e os ideogramas surgem na tela dos programas de edição de texto.

Não é tão complicado: basta se habituar à configuração do teclado, como você confere nos exemplos do infográfico abaixo. QUESTÃO DE PRÁTICA Japoneses usam dezenas de caracteres com a ajuda de teclas de apoio e editores de texto SÍLABAS MAIS USADAS Os principais elementos da escrita japonesa são dois silabários (conjuntos de sílabas), cada um composto por 43 caracteres.

Desse total, os mais usados aparecem impressos diretamente no teclado.
Basta apertar a tecla correspondente e a sílaba aparece na tela SÍLABAS MENOS USADAS As sílabas menos usadas também aparecem impressas no teclado, mas em tamanho menor. Para acessá-las, é preciso acionar a tecla correspondente junto com alguma tecla de apoio ? o shift, por exemplo.

É o mesmo processo que a gente usa para digitar letras maiúsculas IDEOGRAMAS Além do silabário, a escrita japonesa também utiliza centenas de símbolos que representam conceitos ou idéias, os ideogramas. Para digitá-los, o usuário precisa de algum programa de edição de texto que ofereça uma lista de todos os ideogramas. Daí, basta clicar no atalho da lista de ideogramas (digitando alt + “) e escolher o seu ? o processo é parecido com a opção “inserir símbolo” do Word

Veja como ele é:

26 Respostas

  1. ricardo disse:

    muito bom… essas ´matérias do site sao otimas !
    estão de parabens pelo site!

  2. Camila disse:

    Adorei o site !!! As matérias são muito boas e podem nos ensinar muitas coisas!

  3. Gisleine disse:

    quando configurado o teclado japonês para portugues Brasil, ele funciona corretamente?
    O notebook é um sony vaio

  4. Paulo Rodrigues disse:

    parabens achei legal prá ñ conhece ñ deixa de ser curioso..

  5. Pri disse:

    curti a ideia XD

  6. Josi disse:

    Muito Legal.
    o site é ótimo.
    nota 1000000000000

  7. pedro souza disse:

    1 dia
    100 querer
    10 cobrir
    1 site ESPETACULAR parabéns qm inventou esse
    site ele éh imperdível.maravilhoso…!!!

    flw

    By_:pedro Souza

  8. Alexandre Roberto Schneider disse:

    eles usam uma escrita bem complicada e trabalham muito mais do que precisam

  9. Alexandre Roberto Schneider disse:

    eles usam escrita complicada e trabalham muito mais do que precisam(para aproveitar a vida) e não aproveitam a vida mas bem que os brasileiros trabalham mais que europeus

  10. hayonik disse:

    daewwwwwww
    gostei do site
    foi mto dhora
    flww.

  11. hayonik disse:

    alexandre seu bosta cala a boca nos num somos igual a vc q num gosto pow

  12. Renê disse:

    muito interessante

  13. Jorge disse:

    Na realidade escrever em japonês no teclado japonês é bem fácil e rápido, o pessoal aqui escreve a uma boa velocidade
    Isso que os japoneses se matam trabalhando é mito, tem feriados a dar com pau, o negócio é que eles trabalham por tarefas, se eles não completaram a tarefa do dia no horário de saída eles ficam no escritório até completar
    Para a pessoa que perguntou se dá para configurar português no teclado de um computador japonês a resposta é:SIM, eu estou teclando num teclado japonês, o que vai mudar é a ação de algumas teclas de pontuação e acentos, mas a gente se habitua bem rápido
    Achei instrutivo o site
    Parabéns!
    Jorge
    Tóquio
    Japão

  14. Edson disse:

    Em japones, eh comum se escrever em Romaji, q eh um dialeto adaptado a linguagem romana. Assim, escrevesse com o teclado ocidental e o computador traduz para o kanjis, linguagem oficial.

  15. murielly disse:

    LEGAL ACHE IGUAL MAS TEVE SER MELHOR

  16. raquelmoura disse:

    não consigi acha o que queria

  17. raquelmoura disse:

    não cosegui achar o que queria

  18. KELVIN disse:

    MEU ADORO JAPONES É MUITO DAORA EU TENHO 14 ANOS DE IDADE E ESTOU FAZEN O 2 CURSO DE JAPONES PARA NO FINAL DO ANO VIAJAR PARA O JAPÃO

  19. KELVIN disse:

    meu nome é kelvin yamamoto e no final desse ano irei para o japao

  20. Daniel disse:

    Desculpe comentar depois de tanto tempo da matéria ter sido postada, mas gostaria de completar dizendo isso:
    A língua japonesa utiliza dois silabários, mas são bem parecidos, acho que seria algo como lembrar as letras cursivas e as de forma, que temos aqui (algumas não tem semelhança com sua correspondente), e se contarmos minúsculas e maiúsculas, teremos 104 caracteres, que lembramos como 26, porque são variações dos mesmos.
    E não se esqueça também que alguns “kanas” são simplesmente a junção de outros já existentes com o “nigori” ou o “maru”. Algo como o papel dos acentos aqui.

    Se olhar desse modo, não é tão diferente assim, exceto pelos “kanjis”.

    Sobre o que o Alexandre disse, a escrita deles não é tão complicada assim, só porque você não conhece, fala ou é acostumado com a língua não quer dizer que seja estranha, difícil ou complicada.
    Pelo menos lá eles não usam vários caracteres diferentes para representar os mesmos sons, o que acontece em vários casos em português, como em C, K e Q e outros casos parecidos.

    Como sabe se eles trabalham demais ou se no Brasil trabalham de menos? Isso é questão de referencial, algum estrangeiro pode muito bem pensar algo parecido daqui. E porque você acha que o Brasil que é tão rico em recursos naturais ficou tão atrasado, e o Japão e outros países que não têm a mesma sorte estão numa situação melhor? Talvez os brasileiros devessem levar as coisas mais a sério e pensar mais no bem coletivo, quem sabe estaríamos um pouco melhores.

  21. Raphael disse:

    Muito boa a materia…

    Eu gostaria de saber se, aqui no Brasil, há lojas que façam a venda e se, daria pra configurar um desses nos pc’s do Brasil…

    Estou estudando japonês (hiragana katakana e kanji) e estou com alguns contaos de um pessoal de lá, então ficar mandando mensagem em inglês nem rola pois assim também posso treinar minha escrita e saber o que estou dizendo…

    Abraços e ótima matéria, o site já está nos meu favoritos!!!!

  22. Debora disse:

    Muit curioso! Achei interessante, pois nunca tinha visto um teclado japonês.
    BJOOOOOOOSSSSSSSSSSSS!!!!!!!!!!!!!!

  23. simone disse:

    Legal, isso comprova o quanto o ser humano é um ser inteligente!……..bjos

  24. Gabriella disse:

    muito legal é muito bom descobrir nonas coisas todos os dias

  25. Júlia disse:

    não é nada legal é d +++++++++++++++++++++++ =D

Deixe um Comentário

Proudly designed by Clickmidia.