5 séries viciantes da Netflix que você precisa assistir

post1

1- House of Cards
Temporadas: 4
Gênero: Drama

house-of-cards

Sinopse: Indo para sua quinta temporada, é considerada por muitos como uma das melhores da atualidade. Produzida por David Fincher (diretor de filmes como O Clube da Luta, O Curioso Caso de Benjamin Button e Garota Exemplar), a série conta a jornada de Frank Underwood, um político ambicioso interpretado por Kevin Spacey que, junto com sua esposa Claire (Robin Wright), não mede esforços para atingir seus objetivos.

houseofcards

Vale a pena porque: Muitas vezes fica difícil assistir aos episódios sem fazer nenhum tipo de paralelo com o cenário político brasileiro. E, apesar da atuação incrível de Kevin Spacey, todo o elenco está impecável, fato que lhes rendeu um Emmy em Melhor Elenco de Série Dramática, já na temporada de estreia.

 

2- Stranger Things
Temporadas: 1
Gênero: Ficção Científica

c9af5ee9-508a-4599-9354-353790b169a9

Sinopse: Se você não ouviu falar sobre essa série no último mês, eu não sei em que mundo você vive. Nossos feeds do Facebook foram tomados por enxurradas de comentários pela série queridinha do momento. Stranger Things é ambientada no início dos anos 80, e conta a história de um garoto que some misteriosamente, colocando a polícia local, seus amigos e familiares em uma busca que acaba se tornando algo muito maior. Um verdadeiro mistério envolvendo experimentos do governo, forças sobrenaturais e a nossa amada Eleven.

Vale a pena porque: As referências incríveis a filmes marcantes dos anos 80, como E.T. e Os Goonies, a trilha sonora espetacular, o elenco mirim maravilhoso e, claro, o pequeno Dustin, vão fazer você se apaixonar imediatamente, e contar na folhinha os dias para a estreia da segunda temporada.

 

3- Orange Is The New Black
Temporadas: 4
Gênero: Drama, Comédia

oitnb

Sinopse: Baseada no livro de mesmo nome, a série conta a história real de Piper Kerman (Piper Chapman na ficção), que foi condenada a cumprir pena de 15 meses por ter transportado (sem saber) uma mala de dinheiro proveniente de tráfico de drogas. Na época com 30 e poucos anos, noiva e feliz da vida, Piper vê sua vida virar do avesso dentro da prisão, e precisa se adaptar a nova rotina rapidamente, por pura questão de sobrevivência.

Vale a pena porque: Apesar de ter tudo para ser um drama, o elenco consegue deixar a série leve e divertida em muitos momentos, humanizando o dia-a-dia de uma detenta. Mérito de atrizes como Uzo Aduba que, por conta do seu papel interpretando Suzanne, já foi indicada para prêmios como Globo de Ouro, SAT e Emmy, na categoria melhor atriz.

 

4- Jessica Jones
Temporadas: 1
Gênero: Drama, Ação, Super Heróis

jessica-jones

Sinopse: A série, uma parceria Marvel/Netflix baseada na personagem de mesmo nome da Marvel Comics, retrata a vida de uma super-heroína aposentada com passado traumático que usa seus poderes para trabalhar na sua própria agência de detetives em Nova York. Junto com as produções Demolidor, Luke Cage e Punho de Ferro, dará origem a uma minissérie crossover, chamada Os Defensores, ainda sem data de estreia.

Vale a pena porque: Se você é fã de histórias de super-heróis, vai amar. Se você não é (meu caso), vai amar também, já que a série não abusa dos super poderes e tem uma trama focada em investigação e relações humanas, tornando impossível não se encantar pela super-heroína mais complexa, feminista e humana da Marvel.

 

5- Making a Murderer
Temporadas: 1
Gênero: Documentário

making-a-murderer

Sinopse: A série documental Making a Murderer conta a saga (real) de Steven Avery para provar sua inocência, após ser acusado de um estupro que não cometeu. Avery passa 18 anos na prisão, e é solto depois que um exame de DNA prova que ele não estava mentindo. Mas uma reviravolta acontece e, prestes a receber uma indenização milionária do Estado, Avery é acusado novamente, agora de ter assassinado a jornalista e fotógrafa Teresa Halbach.

Vale a pena porque: Ao acompanhar a investigação, o julgamento e todas as contradições que giram em torno do caso, chegamos a conclusão de que há algo de muito errado com o sistema judiciário norte-americano. Fato que acaba nos deixando realmente incomodados, já que a ideia de que Avery pode ser inocente não sai de nossas cabeças. Um suspense da vida real que vai te fazer roer as unhas e dar um Google atrás de mais informações do caso, pode acreditar.

Fonte: Hypeness

Tags:

Deixe um Comentário

Proudly designed by Clickmidia.