Secretaria de Educação critica greve de professores em SP

o330l2hx

A Secretaria de Educação de São Paulo divulgou nota no final da tarde desta sexta-feira (13) “lamentando” a decisão dos professores da rede estadual de ensino de decretarem greve. Na nota, a secretaria questiona a validade da greve uma vez que menos de 2% dos 250 mil professores do estado teriam participado da assembléia realizada nesta tarde na Praça da República, na região central da capital paulista.

Os professores da rede estadual de ensino decidiram decretar greve por tempo indeterminado como forma de protestar contra o decreto 53.037/08 do governador José Serra (PSDB) que altera remoções, substituições e contratações temporárias da categoria.

Segundo a secretaria, “a decisão de regular as transferências de professores foi adotada com o objetivo de melhorar o aproveitamento escolar, garantindo a continuidade do trabalho pedagógico”. De acordo com o governo, quase metade dos professores efetivos teria mudado de escola neste ano. Ainda segundo a secretaria, o governo tentou negociar com os professores por pelo menos cinco vezes.

Após a assembléia realizada na Praça da República que decidiu pela greve, os professores seguiram em passeata até o Museu de Arte de São Paulo (Masp), na Avenida Paulista. Durante o percurso, algumas vias foram bloqueadas: Avenida do Ipiranga, a Rua da Consolação e vias dentro do bairro de Higienópolis, segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). A Avenida Paulista ficou bloqueada por 17 minutos, das 18h43 até as 19h. Segundo a Polícia Militar, cerca de 5 mil professores participaram do protesto.

Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), por causa da passeata o trânsito na capital paulista foi prejudicado na Avenida 23 de Maio, ligação Leste/Oeste e avenidas Doutor Arnaldo, Rebouças e Paulista. Por volta das 19h10, embora os manifestantes já tivessem dispersado, a CET registrava 2 km de congestionamento na Paulista no sentido Paraíso, da Praça Oswaldo Cruz até a Haddock Lobo.

Fonte: G1 Globo

One Response

  1. gisele disse:

    acho essa greve ridicula pois ta tirando aula dos alunos q querem estudar,fora tirar as ferias q e nosso direito para ficar repondo aula sendo q foi eles q quiseram parar espero q o estado veja isso.obrigada

Deixe um Comentário

Proudly designed by Clickmidia.