No Japão você paga para dormir com garotas, mas só para dormir…

capa_casaljapones1

Moradores de Tóquio, capital do Japão, estão entrando em um estabelecimento comercial, se deitando com mulheres estranhas e pagando na saída. Não se trata de um prostíbulo, não se trata de vontade de fazer sexo. Se trata de carência em seu estado mais bruto.

As medidas para acabar com ela então, nem se fale.

Foi inaugurado no dia 25 de setembro de 2012 um negócio, batizado de Soineya e quem vê do lado de fora provavelmente vai superestimar o grau de malícia que impera ali dentro. Os clientes pagam apenas para se deitar na mesma cama de uma moça.

A tabela de preço é a seguinte:

  • 20 minutos custam US$40
  • 1 hora sai por US$77
  • 10 horas (período máximo) não sai por menos de US$645.

Vale lembrar que a inscrição sai por US$ 40.

Agora, se a pessoa fizer questão de um pouco mais de calor humano, a coisa muda de figura. Na lista de opcionais (pagos à parte, evidentemente) constam itens como (pasmem!):

  • cliente e garota trocarem olhares
  • garota dormir no colo do cliente
  • cliente dormir nos braços da garota.

De acordo com o site oficial da loja, as funcionárias ganham US$45 por hora, em um turno de 10 horas diárias.

Se você pensar que a função delas é dormir, parece uma bolada a troco de nada. Uma profissão um tanto curiosa seguida de um ambiente de entra-e-sai de almas deprimidas.

Bizarra!

 

 

Fonte: Revista Galileu

Deixe um Comentário

Proudly designed by Clickmidia.