Entenda porque o WhatsApp foi bloqueado

post-1

Na meia noite dessa quita-feira(17/12) um dos aplicativos mais utilizados foi bloqueado através de uma medida judicial. A justiça mandou as operadoras de telefonia fixa e móvel bloquearem o serviço de mensagens instantâneas WhatsApp em todo o país por 48 horas, embora travem uma disputa com o app há meses, as teles receberam a determinação judicial com surpresa. A operadora que não cumprir a determinação judicial correrá o risco de multa e os representantes da operadora podem ser presos.

A Folha apurou que a Justiça em São Bernardo do Campo quer que o WhatsApp fique fora do ar no país devido a uma investigação criminal.
As autoridades que investigam o caso obtiveram autorização judicial para que o WhatsApp quebrasse o sigilo de dados trocados pelos investigados via aplicativo, mas a empresa não liberou as informações solicitadas. O bloqueio seria uma represália.

Diante da notícia de bloqueio do WhatsApp, Mark Zuckerberg – CEO e fundador do Facebook, que adquiriu o serviço de mensagens em 2014 – falou sobre o assunto através da rede social explicando estar chocado e que considera este um “dia triste para o país”. Confira a mensagem completa logo abaixo, escrita em inglês e português com a hashtag “Contecta Brasil, Conecte o mundo”.

“Hoje à noite, um juiz brasileiro bloqueou o WhatsApp para mais de 100 milhões de usuários do aplicativo no país. Estamos trabalhando duro para reverter essa situação. Até lá, o Messenger do Facebook continua ativo e pode ser usado para troca de mensagens. Este é um dia triste para o país. Até hoje o Brasil tem sido um importante aliado na criação de uma internet aberta. Os brasileiros estão sempre entre os mais apaixonados em compartilhar suas vozes online.
Estou chocado que nossos esforços em proteger dados pessoais poderiam resultar na punição de todos os usuários brasileiros do WhatsApp pela decisão extrema de um único juiz.Esperamos que a justiça brasileira reverta rapidamente essa decisão. Se você é brasileiro, por favor faça sua voz ser ouvida e ajude seu governo a refletir a vontade do povo.”

Além de demonstrar apoio ao povo brasileiro, o Facebook também oferece uma alternativa ao usuários: a utilização do Facebook Messenger até que o serviço de mensagens volte a funcionar. Zuckerberg avisa ainda que está em busca de reverter a decisão judicial — tanto que a rede social colocou um aviso sobre isso, indicando que novidades podem acontecer em breve a respeito do caso.
Fonte: Folha de São Paulo / Tecnomundo

Deixe um Comentário

Proudly designed by Clickmidia.