45 Óbitos Registrados No Brasil Pela H1N1 em 2010

45-Óbitos-Registrados-No-Brasil-Pela-H1N1-em-2010

 

O maior número de casos ocorreu no Pará e em outros Estados das regiões Norte e Nordeste; 16 grávidas foram vítimas do vírus

Antes mesmo da chegada da segunda onda da gripe suína, prevista para o início do inverno, em junho, o país registra 45 mortes pela doença neste ano.

O maior número de casos foi registrado no Pará, 22 mortes nos três primeiros meses do ano, segundo levantamento do portal G1 em 25 Estados e no Distrito Federal (apenas a Secretaria de Saúde do Amapá não foi contatada).

São Paulo já registrou uma morte um homem de 31 anos. Não há nenhum caso confirmado de contaminação ou morte pelo vírus da gripe suína no Rio.

Gestantes

Dos 45 mortos, 16 eram gestantes, um dos grupos prioritários da campanha de vacinação que começou no dia 8 deste mês.

Segundo o Ministério da Saúde, a concentração de casos no Norte e no Nordeste do país nesta época do ano se explica por causa das chuvas e da queda de temperatura nessas regiões.

Em 2009, os primeiros quatro casos de contaminação pelo vírus A (H1N1) foram confirmados no dia 7 de maio pelo Ministério da Saúde. Até o fim do ano, foram 1.632 mortes pela nova gripe.

Gripe espanhola

Dois artigos publicados na revista Science mostram que o vírus A (H1N1) é similar ao da gripe espanhola, de 1918. A descoberta explica, por exemplo, por que 33% das pessoas com mais de 60 anos apresentam resistência à gripe suína: elas possuem anticorpos contra a espanhola.

Deixe um Comentário

Proudly designed by Clickmidia.