Alergias têm cura?

alergias

O que são alergias

Alergias são uma afecção provocada pela reação imunológica do organismo à invasão de elementos estranhos a ele. Os antígenos invasores suscitam a criação dos anticorpos, que os atacam e, nesse processo, podem ocorrer reações das quais o organismo se ressente, reagindo, por sua vez. A reação alérgica ocorrerá quando o número de anticorpos superar o número de antígenos.

O antígeno invasor que provoca a alergia é chamado alérgeno e pode ser de vários tipos, de acordo com vários critérios, um dos quais é o de sua via de acesso ao organismo. Elementos como poeira, pólen e ácaros são causas frequentes de alergia por ingestão, podendo chegar ao sangue. Micróbios e parasitos são, às vezes, causas de alergias graves por contato de pele. Especialmente grave, entre as reações alérgicas imediatas, é o choque anafilático, no qual o organismo, já sensibilizado por determinado antígeno, reage violentamente a uma nova invasão desse mesmo antígeno, produzindo substâncias (histamina, serotonina, heparina) que alteram o equilíbrio fisiológico, contraindo músculos, dilatando vasos e bloqueando a circulação do sangue.

Ocorrências

Pode ocorrer, eventualmente, uma pessoa entrar em contato com uma substância alergênica e só apresentar reações alérgicas dias ou semanas depois. Isso acontece porque a quantidade de anticorpos produzidos não ultrapassou a quantidade de antígenos no organismo. Mas se a pessoa mantiver o contato com a substância durante vários dias, a quantidade de anticorpos ultrapassará a quantidade de antígenos e provocará então uma reação alérgica. As reações alérgicas acontecerão cada vez mais intensas sempre que o indivíduo entrar em contato com as substâncias alergênicas. As consequencias mais graves da alergia são:

  • Erupções extensas na pele, às vezes com lesões bolhosas e inchaço.
  • Edema de Quinck, caracterizado pelo inchaço das vias aéreas superiores (faringe e laringe), o que pode provocar sufocação e morte.

 

Controle

É importante observar que as alergias não têm cura. No entanto, a identificação das substâncias alergênicas a cada indivíduo é muito importante para o seu controle. Os principais métodos utilizados para o seu controle são:

  • Vacinas que são produzidas com pequenas quantidades das substâncias alergênicas. As doses vão aumentando gradativamente de modo que o organismo “acostume-se” com as substâncias alergênicas;
  • Afastamento das substâncias alergênicas;
  • O uso de cortisona para o tratamento dos casos de alergia agudos. A cortisona e seus derivados são drogas que agem diretamente na quantidade de anticorpos no organismo. Entretanto, o uso da cortisona à longo prazo pode ocasionar a queda de imunidade do organismo provocando o surgimento de infecções oportunistas.

A prevenção é a melhor providência.

 

Sintomas

Os sintomas mais comuns que indicam o surgimento das alergias são os resfriados constantes, espirros, coceiras, coriza, dores de cabeça e outros. Por serem tão comuns, muitas vezes não prestamos atenção ao que pode ser um sintoma de alergia. Esta possibilidade aumenta nas grandes cidades devido à poeira e à poluição que circulam livremente. Mas as alergias têm outras fontes como a alimentação, o ar e, às vezes, o simples contato com objetos.Os sintomas locais são:

  • Nariz: inchaço da mucosa nasal (rinite alérgica).
  • Olhos: vermelhidão e coceira da conjuntiva (conjuntivite alérgica).
  • Via aéreas: broncoconstrição, respiração difícil e dispnéia, algumas vezes ataques de asma.
  • Pele: várias erupções como eczema, urticária e dermatite de contato.

 

Tipos de alergias e alérgenos mais comuns

Além das proteínas alheias encontradas em transfusões de sangue e vacinas, os alérgenos mais comuns e seus tipos de alergia incluem:

  • Pólens de plantas – febre do feno.
  • Esporos de mofo.
  • Drogas: penicilinas, sulfonamidas, anestésicos, salicilatos.
  • Alimentos: alergia alimentar – nozes, frutos do mar, gergelim, clara de ovo, alguns legumes, soja, leite, trigo, milho ou maizena.
  • Picadas de insetos.
  • Pêlos de animais.

2 Respostas

  1. DinhoGja disse:

    acho q eu tenho isso tudo ai, menos de alimento!

    preciso ir em um Otorrinolaringologista urgente, bom ainda bem que de comida eu não tenho até onde eu saiba rsrs

  2. DinhoGja disse:

    Olha… um comentário meu de mais de 1 ano atras rsrsrs

Deixe um Comentário

Proudly designed by Clickmidia.