Estudo identifica o maior ladrão de sono do mundo

ladrao-de-sono-838x684

Às vezes, o sono fica a tarde toda fazendo companhia para você, mas na hora do “vamo vê”, simplesmente te deixa na mão. Você já parou pra pensar por que isso acontece? Alguns cientistas já até perderam o sono pensando nisso. E finalmente chegaram a uma resposta que parece bastante convincente.

Qual é o maior ladrão de sono do mundo?

Cientistas perguntaram a mais de 120 mil pessoas dos Estados Unidos com idades entre 15 anos ou mais como elas gastavam seu tempo ao longo do dia. Esse levantamento foi rigorosamente conduzido pelo Departamento de Trabalho dos EUA, e aconteceu entre os anos 2003 e 2011.

As pessoas que disseram que dormiram por 6 horas ou menos no dia anterior tinham trabalhado cerca de 1,5 horas a mais em dias de semana, e 1,8 horas a mais nos fins de semana ou feriados, do que pessoas que disseram ter entre 6 e 11 horas de sono. As pessoas que dormiam seis horas ou menos também começavam a trabalhar mais cedo e paravam de trabalhar no final da tarde, disseram os pesquisadores.

As pessoas que disseram trabalhar em mais de um emprego foram 61% mais propensas a dormir seis ou menos horas em dias de semana. Em contraste, as pessoas que trabalhavam por conta própria mostraram uma probabilidade 17% menor de obter 6 horas de sono ou menos de sono por noite do que aqueles que trabalhavam no setor privado.

Isso significa que…

A culpa não é das estrelas. É do trabalho.

“A evidência do tempo gasto trabalhando foi o mais proeminente ladrão de sono”, disse o autor do estudo, o Dr. Mathias Basner, que é professor assistente na Universidade de Medicina da Pensilvânia, nos Estados Unidos.

Tempo é dinheiro

Havia uma ligação entre ir para o trabalho ou escola mais tarde e dormir mais: para cada hora de trabalho iniciado no final da manhã, o tempo de sono de uma pessoa aumentou em cerca de 20 minutos. Em média, as pessoas que começaram a trabalhar antes ou às 6h00 dormiam por apenas 6 horas, enquanto que aqueles que começavam a trabalhar entre 9h00 e 10h00 dormiam cerca de 7,3 horas.

Solução

Uma maneira de diminuir a perda de sono na população seria a de atrasar os trabalhos e começar as aulas nas escolas mais tarde, ou encurtar o tempo de deslocamento de casa até esses locais, sugere Basner. [livescience]

Deixe um Comentário

Proudly designed by Clickmidia.