Prisão De Ventre, Causas E Tratamento

prisao-de-ventre

Você é o que você come

Se você sofre de prisão de ventre, talvez a causa seja um problema mais sério do seu aparelho digestivo, mas o mais provável é que o problema seja provocado pelo que você come. Aliás, não é só a prisão de ventre que pode ser causada pela sua alimentação. Hoje em dia, a maioria dos médicos já admite que a má alimentação é causa de uma grande parte das doenças do organismo humano. O princípio do “Você é o que Você Come” é rigorosamente verdadeiro, porque tudo o que você come passa para o seu sangue e o sangue irriga todos os órgãos do seu corpo, sem exceção. Ou seja, tudo de bom (e de ruim) que você põe para dentro do seu organismo, vai fazer parte do seu cérebro, do seu coração, seus pulmões, seu estômago, seu intestino, seus rins, seu fígado, enfim, vai fazer parte de você.

Hipócrates (*) dizia “Faça do alimento o seu principal remédio.” Apesar disso, a triste realidade é que a grande maioria das pessoas se alimenta pessimamente e é por isso que aumenta, a cada dia, o número de hospitais, clínicas médicas e, claro, cemitérios em todo o mundo.

(*) Hipócrates é considerado uma das figuras mais importantes da história da medicina, frequentemente chamado de “O Pai da Medicina”. É referido como uma das grandes figuras da Grécia antiga, como Sócrates, Aristóteles, Platão etc., durante o florescimento intelectual ateniense. Hipócrates era um asclepíade, isto é, membro de uma família que durante várias gerações praticara os cuidados em saúde.

 Um mal terrivelmente comum

Uma quantidade enorme de pessoas sofre com a chamada constipação intestinal em todo o mundo. O incômodo, no entanto, pode ganhar contornos mais graves. O distúrbio afeta 80% da população, independentemente de raça, idade ou sexo. Ou seja: em cada grupo de 100 pessoas, 80 enfrentam o problema. Mesmo assim, é um assunto tratado a portas fechadas ou em sussurros envergonhados ou irônicos. Geralmente, é motivo de piadas. O que define o incômodo não é apenas a quantidade ou a frequência, mas principalmente a qualidade do que é descartado pelo corpo humano. A enfermeira Aline Flor, por exemplo, quase diariamente comparece ao banheiro, mas com dores e muito esforço. Ela apresenta um caso clássico de prisão de ventre. Não só ela. No batalhão de prisioneiros, as mulheres formam o principal contingente. A estimativa médica é de que o dobro de mulheres sofra com o problema de constipação intestinal, em comparação com os homens.

A causa dessa diferença não é meramente cultural, em função do medo ou nojo de frequentar banheiros fora da casa. Há razões fisiológicas e orgânicas para explicar as razões da maioria feminina. A responsabilidade cabe aos hormônios femininos. A oscilação deles durante o período menstrual interfere na absorção de líquidos, provocando a prisão de ventre. Apesar disso, 80% dos fatores que desencadeiam o distúrbio estão relacionados ao estilo de vida, como os hábitos alimentares. Apenas 20% dos casos têm ligação com outras doenças, como o mal de Chagas ou câncer do intestino grosso.. O problema geralmente afeta pessoas que consomem quantidade insuficiente de fibras e de água. O sedentarismo agrava ainda mais a situação. A atividade física ajuda nos movimentos musculares do intestino, o que ajuda na expulsão das fezes.

Coma bem, exercite-se e relaxe

Alimentos como frutas, legumes e verduras são fontes de fibras e micronutrientes. Além desses, os cereais integrais, como arroz integral, centeio, aveia, pão integral, farelo de trigo, sementes de linhaça, entre outros, também são ricos em fibras. Medidas, como o consumo adequado de água, dieta rica em fibras e a prática de atividade física, ajudam a regularizar o funcionamento intestinal..

O aparecimento de hemorroidas é um dos altos preços pagos por quem convive com a constipação intestinal crônica. O relaxamento é um importante aliado para a cura. Pessoas estressadas costumam contrair a musculatura pélvica e sofrem com crises de constipação. O relaxamento do assoalho pélvico contribui para a expulsão das fezes.

O que é normal

 Uma evacuação sadia deve ser diária, completa e de forma que sacie a vontade de evacuar. As fezes devem vir bem formadas, sólido-pastosas, marrom claro e com odor suave. É considerado normal até três evacuações por semana. Há, no entanto, uma advertência: deve ser levada em conta a característica das fezes. Se as evacuações são difíceis, insuficientes e com fezes ressecadas, a pessoa certamente sofre de prisão de ventre, mesmo se for ao banheiro diariamente.

Em crianças

Nas crianças, o intestino preso pode ter um fundo emocional, como a retirada das fraldas ou a vigilância constante dos adultos quanto ela vai ao banheiro. Quando a criança é maior, por volta dos quatro, cinco anos, uma das causas é a ansiedade. Ela não quer interromper as brincadeiras para ir ao banheiro e retém as fezes. Quando vão, sentem dor. Os pais devem estar atentos, mas sem pressionar.  A especialista, porém, chama atenção para quando o problema é um sinal de doença. Os pais devem procurar ajuda médica quando a criança muda repentinamente o seu hábito intestinal e apresenta um quadro de dor e febre.

Muita fibra

Fibras, fibras e mais fibras; Este é o principal conselho ouvido por quem enfrenta surtos de constipação intestinal. Elas podem ser encontradas em frutas, verduras e grãos integrais. As fibras não são digeridas em nosso organismo e podem ser divididas em dois grupos: solúveis e insolúveis. As do primeiro grupo formam uma espécie de gel no intestino e as do segundo passam intactas. O efeito delas é aumentar o volume das fezes e reter líquido nas mesmas, fazendo com que fiquem mais pastosas e fáceis de eliminar.

Na quantidade certa

Concentração de fibra por 100g de alimento:

 

  • Alface crespa 1,2
  • Arroz branco 0,3
  • Arroz integral 1,8
  • Banana 2,6
  • Cenoura crua 2,8
  • Ervilha 2,8
  • Farelo de aveia 15,4
  • Farelo de arroz 49,69
  • Farelo de trigo 42,80
  • Feijão 6,4
  • Goiaba (sem casca) 5,4
  • Laranja 2,4
  • Maçã com casca 2,4
  • Maçã (sem casca) 1,3
  • Macarrão integral 2,8
  • Macarrão comum (ovos) 1,1
  • Manga 1,8
  • Tomate 1,2
  • Repolho 2,3
  • Rúcula 1,6
  • Semente de linhaça 33,5

2 Respostas

  1. gabriel disse:

    que lol

Deixe um Comentário

Proudly designed by Clickmidia.