Produtos que deixam a casa mais suja que a rua

capa_produtos
  • Velas

Velas, sejam de qualquer tipo, podem infestar sua casa de gases, pois durante a combustão se soltam partículas de fuligem de carbono e que podem agravar quem já tem problemas respiratórios. A parafina é um subproduto do petróleo, carvão ou xisto esbranquiçado em lixívia industrial, coisa que o infunde com dioxinas. Enquanto a indústria da vela insiste em que o produto final não é nocivo, estudos têm mostrado que a queima de velas de parafina pode liberar grandes quantidades de benzeno e tolueno, ambos agentes cancerígenos conhecidos. Se você não pode viver sem velas, procure utilizar as que são as feitas de cera de abelha ou óleos vegetais, com corantes e perfumes naturais.

  • Tapetes

O cheiro de tapete novo vem da gasificação de perigosos compostos orgânicos voláteis (COVs), incluindo tolueno, bromo, benzeno, formaldeído, etilbenzeno, estireno e acetona. O benzeno é um carcinógeno humano conhecido e o formaldeído é provavelmente carcinógeno também. Já os tapetes velhos, não ficam pra trás no quesito perigo, mesmo não soltando esses gases perigosos, mas há ácaros e seus excrementos começam a habitá-los ao longo do tempo. Isso pode causar reações alérgicas graves em muitas pessoas. Poeira doméstica também pode ter níveis elevados de chumbo.

  • Fogão

Fogões a gás emitem mais dióxido de nitrogênio, um gás altamente reativo criado quando o combustível é queimado a altas temperaturas. A exposição frequente a concentrações mais elevadas do que as normalmente encontradas no ambiente pode causar doenças respiratórias agudas em crianças. A solução para minimizar a exposição ao dióxido de nitrogênio é simples, invista em um exaustor de alta qualidade. Se ventilação artificial não for possível, tente cozinhar com janelas próximas abertas.

  • Produtos de limpeza

A limpeza de sua casa é importante para a qualidade do ar já que remove poeira, mofo e outras partículas, mas incluem substâncias químicas nocivas. Até mesmo produtos de limpeza rotulados como “orgânicos” podem conter ingredientes que causam problemas de saúde, já os produtos de limpeza convencionais são ainda piores, pois podem conter solventes baseados em álcool, cloro, amônia ou petróleo, todos com potenciais efeitos negativos, incluindo irritação dos olhos ou garganta e dores de cabeça.

  • Tinta

Pinturas velhas podem danificar os pulmões e até o cérebro se contiverem chumbo, que foi proibido no final de 1970. Tintas mais recentes também criam alguns riscos para a saúde, já que muitas contêm COVs e podem exalar gases durante semanas ou meses depois de um local ser pintado. Ao comprar tinta, procure marcas com níveis mais baixos de COVs.

  • Ambientadores ou odorizadores

É melhor mau cheiro a poluição: enquanto encobrem odores ruins, ambientadores podem emitir poluentes tóxicos que levam a riscos de saúde. Muitos contêm quantidades significativas de éteres de glicol à base de etileno, conhecidos por criar efeitos neurológicos e sanguíneos, incluindo fadiga, náuseas, tremores e anemia. Estes éteres são classificados como poluentes atmosféricos perigosos.

  • Purificadores de ar

Purificadores de ar não só removem toxinas, como as liberam também, na forma de grandes quantidades de ozônio na atmosfera. Ele também pode ser prejudicial para crianças e até formar cicatrizes nos seus pulmões durante o desenvolvimento precoce.

 

Fonte: Alternet

Deixe um Comentário

Proudly designed by Clickmidia.