Quais são principais erros de maquiagem que envelhecem a pele?

capa_maquiagem

No combate ao envelhecimento vale tudo. Ou quase tudo. O que muitas mulheres não sabem que nem todo tipo de maquiagem faz bem à pele e, até pelo contrário, pode ajudar do envelhecimento dela.
Mas como devemos fazer para alcançar um visual bonito e caprichado, com as maquiagens certas? O dermatologista Luiz Carlos Cucé do Hospital das Clínicas da FMUSP, ligado à Secretaria de Estado da Saúde, diz que não há problemas em utilizar esses produtos diariamente, desde que usados com o devido cuidado. “Para obter o efeito desejado, sem estragar a pele, é fundamental que a maquiagem seja aplicada junto com protetor solar e hidratante facial”, recomenda.

Cucé ainda diz que a falta de hidratante é que resseca a cútis. “O cosmético puxa água da primeira camada que está em contato, daí a necessidade dos cremes”, alerta, Na realidade, o ideal é aplicar o protetor solar de duas em duas horas. “Mas, se a mulher utilizar três vezes ao dia, já consegue um bom resultado”.

Já para aquelas mulheres que nunca se lembram de utilizar o protetor solar, o mercado de cosméticos oferece novidades: produtos que contêm o fator de proteção já na fórmula. “Eles não têm a mesma eficácia que o creme separado, mas já ajudam bastante nos cuidados com a pele”, explica o médico. Neste caso, o dermatologista recomenda sempre que possível retocar o make.

Existem alguns erros de maquiagem que podem e devem ser evitados. Eles envelhecem a aparência da mulher. São eles: excesso de base, uso constante de rímel à prova d’água, sombras metalizadas e batom muito escuro ou muito vermelho.

Um cuidado indispensável para não estragar a pele é a limpeza facial diária, principalmente, depois do uso destes produtos de beleza. “É estritamente proibido dormir de maquiagem, pois é nesse momento que a pele respira e se renova. Com o rosto pintado a pele fica oleosa, com cravos e cistos”.

Finalmente, é fundamental o uso de produtos de boa qualidade. Este cuidado evita irritações ou alergias. “Esses problemas nunca aparecem no primeiro contato com a pele, mas sim com o uso continuo. Têm pessoas que levam anos para manifestar algum tipo de reação”, explica o dermatologista.

Hoje em dia já são encontrados os cosméticos chamados hipoalergênicos, que têm menos (ou nenhuma) concentração de euzinato de sódio, que pode provocar coceiras e problemas dermatológicos.

Com todos estes cuidados a tendência hoje é que a pele leve mais tempo para envelhecer e que as mulheres possam continuar, por muitos anos, com uma cútis bonita e bem cuidada.
Fontes: Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo e Site Tua Saúde

One Response

Deixe um Comentário

Proudly designed by Clickmidia.