Curiosidades sobre o Ipad 2

Ipad-2

A Apple deverá apresentar o seu iPad 2 no dia 2 de Março (próxima quarta-feira), em São Francisco. A notícia foi avançada pelo site sobre tecnologia All Thing Digital, citando fontes anónimas mas próximas do projecto.

O novo iPad deverá ser mais fino e mais rápido, e terá duas câmaras, uma frontal e uma traseira, permitindo o videochat em directo.

O tablet também suporta um “chip multimodal”, que lhe permite correr nas redes GSM (Global System for Mobile Communications) e CDMA (Code Division Multiple Access), indica ainda o All Things Digital.

A Apple já vendeu cerca de 15 milhões de iPads desde que o produto foi posto à venda, no final da Primavera do ano passado.

De acordo com as informações hoje reveladas, o novo iPad poderá estar à venda ainda durante o mês de Abril, embora as fontes não sejam consensuais acerca desta possibilidade.

O lançamento desta nova versão do iPad acontece numa altura em que a concorrência já está a lançar vários modelos de tablets no mercado. A Motorola anunciou que o seu Xoom, equipado com o sistema operativo Android Honeycomb, da Google, estará à venda já amanhã. A Samsung já pôs à venda há seis meses o seu Galaxy Tab, a Research In Motion (RIM) – criadora do popular BlackBerry – deverá muito em breve pôr à venda o seu Playbook, ao passo que a Hewlett-Packard anunciou que o seu TouchPad estará nas lojas no próximo Verão.

Espera-se que este ano sejam vendidos mais de 50 milhões de tablets em todo o mundo.

520x350_comparativo_ipad_

Entretanto as acções da Apple caíram 3,41 por cento depois de um analista da Barclays Capital ter citado um colega do Japão que dizia que a venda do novo aparelho seria adiada porque a empresa que manufactura o iPad está a ter dificuldades na montagem por causa do novo design.

Alguns analistas apressaram-se, porém, a desdramatizar estas informações, afirmando que a Apple costuma ser muito fiável no que toca aos lançamentos dos seus produtos.

Esta notícia acontece igualmente numa altura em que se especula acerca do estado de saúde do icónico director-executivo da Apple, Steve Jobs, que anunciou em meados de Janeiro que se afastaria da empresa por tempo indeterminado devido a problemas de saúde. Os últimos rumores dão conta que Jobs poderia ser substituído definitivamente à frente da empresa de tecnologia. Esta é a terceira baixa médica de Jobs em sete anos.

stevejobspronta_9Capa magnética ‘liga’ e ‘desliga’ tela

Na próxima quarta-feira será Tim Cook – que dirige a Apple na ausência de Jobs – que subirá ao palco, em São Francisco, e fará a apresentação do novo gadget.

get

get2

2 Respostas

  1. Muito legal! Adorei o post

  2. Gabriella disse:

    Legal

Deixe um Comentário

Proudly designed by Clickmidia.