O que é a informática em nuvem?

n1237

Antigamente, você instalava um software no computador e armazenava os arquivos no disco rígido do PC. A nuvem já foi descrita como uma transformação de modelo de computação de desktop, com os usuários indo agora para o webtop.

A melhor maneira de explicar como funciona a computação em nuvem é usando um exemplo conhecido, o Facebook, que, atualmente, tem cerca de meio bilhão de usuários. Para criar um perfil, você não precisa comprar nem instalar qualquer software. Basta acessar o site com o seu navegador favorito e criar uma nova conta para usar o serviço. Todos os aspectos da rede social estão hospedados em data centers localizados em todo o mundo. As nuvens fazem uma conexão segura entre o aparelho que você está usando para acessar a Internet e os servidores que contêm o software que você quer usar. Qualquer arquivo que você crie, como e-mails, planilhas ou outros documentos também são encriptados e armazenados com segurança online. Qualquer aparelho pode ser usado para se conectar à nuvem, inclusive smartphones, tablets. PCs desktops e laptops, netbooks e agora uma nova linha de notebooks, entre eles o Chromebook, que são fabricados especificamente para o uso da nuvem.

Por que será que a informática em nuvem está tendo tanto impacto em tantos aspectos dos negócios e na maneira como as pessoas usam seus computadores? A resposta é simples: custo. Com a nuvem, não é preciso comprar softwares caros, nem atualizá-los constantemente. Você só compra os serviços que quiser e quando quiser.E, como a nuvem pode se expandir infinitamente, você nunca fica sem poder de processamento nem espaço de armazenamento. O uso da nuvem também permite que você use notebooks, tablets e smartphones que não possuam processadores muito velozes ou discos rígidos de grande capacidade. Tudo o que você tem que fazer é conectar-se à nuvem e rodar o seu navegador de modo eficiente. Todo o processamento é feito no servidor usado pela nuvem. No passado, os revendedores tinham que gastar muito tempo e dinheiro, configurando os seus servidores, antes que pudessem abrir suas lojas virtuais.

A melhor maneira de pensar na nuvem é comparando-a com um bolo em camadas. No Twitter, por exemplo, quando você envia um tweet, conecta-se à primeira camada do bolo servidor. Você pode vê-la no navegador que está usando. Quando clica em “ENVIAR”, para postar uma mensagem, você está interagindo com a próxima camada.Chamada de middleware, ela conecta a camada que você vê, na janela do navegador, com o hardware que suporta a nuvem. A última camada é o servidor físico, localizado em enormes prédios no mundo todos. A Apple, recentemente, abriu um novo centro de dados para suportar o serviço iCloud.

Sua conexão com a nuvem é feita por uma rede absolutamente segura. Os dados nos servidores são encriptados e é feito backup, mas é aconselhável manter uma cópia off-line dos seus arquivos e usar um provedor de serviços em nuvem que tenha boa reputação, como o Google e a Amazon. Mantenha sempre o firewall de sua máquina ativado e seu antivírus atualizado. Se estiver usando uma conexão sem fio, certifique-se que ela é garantida por WPA (acesso protegido Wi-Fi), que é o padrão da indústria.  A nuvem oferece a todos a oportunidade de usar os mais recentes aplicativos a custos baixíssimos ou mesmo grátis, uma vez que tenha pago pela conexão. Com o amadurecimento dos seus aplicativos e serviços, ela deve acabar com a necessidade dos caros upgrades dos softwares e hardwares.

2 Respostas

  1. Josias disse:

    vlw … gostei muito das explicações ….

Deixe um Comentário

Proudly designed by Clickmidia.