Por que Blu-ray e não Blue-ray ?

Por-que-Blu-ray-e-não-Blue-ray

Para começar essa matéria existe uma pequena duvida que a maioria das pessoas um dia já se perguntou ou ainda perguntará. Escreve-se “Blu-ray” ou “Blue-ray”? ou porque “Blu-ray” e não “Blue-ray”?
O que acontece é que muitas pessoas (até mesmo eu) tem uma característica de nunca ler uma palavra inteira antes de ler à próxima. Quem sabe seja por conta disso, que eu nunca tinha reparado que a nova tecnologia de mídia digital chama-se “Blu-ray” e não “Blue-ray”.

Eis que surgiu outra dúvida:

O leitor realmente utiliza laser (raio) azul, porque Blu e não Blue? Sendo lógico a esse ponto isso nem parece uma questão difícil de solucionar. Mas acontece que a explicação para isso é bem simples, acompanhe…

É que “Blue” (azul em inglês) é uma palavra muito comum, várias leis de registro de marcas pelo mundo todo não permitem a utilização dessa palavra para registrar um nome/produto.
A maioria dos que usam computador desde a década de 90, deve se lembrar de que depois dos processadores Intel 286 (lê-se separado: dois-oito-meia) vieram os 386, depois os 486 e depois… Não, não vieram os 586. A Intel, por problemas parecidos de registro de marca, alterou o nome da linha de processadores para “Pentium”.

Uma informação bastante interessante, só para complementar…

Deixe um Comentário

Proudly designed by Clickmidia.