Verdade ou Mentira: Língua Portuguesa

abc

Joaquim Maria Machado de Assis (Rio de Janeiro, 21 de junho de 1839 — Rio de Janeiro, 29 de setembro de 1908) escritor brasileiro, fundador da Academia Brasileira de Letras e considerado o maior nome da literatura nacional.

1 – O Português originou-se do Latim clássico falado no Império Romano, na região hoje conhecida como Calábria, no Sul da Itália.

2 – A língua portuguesa é falada por cerca de 250 milhões de pessoas no mundo, sendo a sexta língua mais falada no mundo.

3 – Nosso idioma é falado em 9 países.

4 – O Português é uma língua latina, ou seja, derivada do Latim. Outras línguas latinas são o Espanhol, o Italiano, o Francês, o Lituano e o Croata.

5 – A Reforma Ortográfica, recentemente implantada no Brasil, determina que palavras como ópio, sócio, ócio e bócio etc. percam o acento agudo e escrevam-se simplesmente opio, socio, ocio e bocio.

6 – Ainda de acordo com a Reforma, o hífen fica abolido em vocábulos compostos cuja primeira palavra termina com vogal igual à primeira vogal da segunda palavra. Exemplos: “micro-ondas” passa a se escrever “microondas”, “anti-inflacionário” passa a ser “antinflacionário” , “tele-educação” passa a ser “teleducação” etc.

7 – Oxítonas são palavras cuja sílaba tônica é a antepenúltima; paroxítonas são aquelas cuja sílaba tônica é a última e proparoxítonas são palavras cuja sílaba tônica é a penúltima.

8 – O trema foi abolido em todas as palavras do nosso idioma.

9 – Escolha a opção correta. A pessoa que fala vários idiomas é chamada de:

– Filólogo

– Troglodita

– Poliglota

– Polígrafo

10 – Capixaba é quem nasce no Rio Grande do Norte; salvadorenho é o nascido em Salvador, Bahia; potiguar é quem nasce em Sergipe e acreano é quem nasce no Acre.

 

GABARITO DO POST ANTERIOR – Verdade ou Mentira: História do Brasil

1.  Verdade. Cabral não descobriu o Brasil, ele apenas tomou posse da terra.

 2.  Verdade. Não havia tantos soldados como no quadro. Além disso, eles não estavam usando aqueles uniformes de gala e montavam burros e não cavalos, porque cavalos não aguentariam a viagem de Santos para São Paulo. Também Dom Pedro não estava usando aquele vistoso uniforme, ele usava roupas comuns e não estava montado naquele fogoso cavalo que Pedro Américo pintou, estava usando também um burro como montaria. E mais: alguns historiadores contam que Pedrão estava fazendo suas necessidades fisiológicas, atrás de uma moita, quando recebeu a carta do rei, seu pai, ordenando que ele voltasse para Portugal. Finalmente, Dom Pedro não proclamou a independência porque amava o Brasil coisa nenhuma. Ele fez isso movido pela ambição de ser imperador, como realmente foi.

 3.  Duas mentiras: a Lei Áurea foi assinada em 13 de maio de 1888 e não em 12 de junho de 1884. E a princesa Isabel jamais teve escravos.

 4.    Cinco mentiras: 1) Orlando Villas-Boas, não tinha nenhum parentesco com o músico Heitor Villa-Lobos. 2) Não foi por canibais. 3) Não existe nem nunca existiu uma tribo de índios curupiris no Brasil. 4) Também não existe nenhum Rio Catavento em nosso território. 5) Existem os Estados de Mato Grosso do Sul e Mato Grosso. Mato Grosso “do Norte” é invenção.

 5.    Verdade. Antes de se chamar Brasil, nossa Pátria teve os seguintes nomes: Pindorama, usado pelos índios. Na descoberta, em 1500, os portugueses batizaram a nova terra de Ilha de Vera Cruz. Posteriormente, em 1501, chamou-se Terra Nova. Terra dos Papagaios em 1501. Terra de Vera Cruz em 1503. Terra de Santa Cruz em 1503. Terra Santa Cruz do Brasil em 1505. Terra do Brasil em 1505. Finalmente, em 1526, devido ao pau-brasil, uma árvore que tinha uma madeira vermelha muito valiosa, passou a se chamar Brasil. Poucos sabem, mas “brasil” significa “cor de brasa”.

 6.    Verdade. Naquele tempo, almirante não era um posto da marinha de guerra e sim um título de nobreza que Cabral não possuía. O título foi concedido pelo rei de Portugal a Vasco da Gama, descobridor da rota marítima para a Índia.

 7.    Verdade. Pedro II foi também o primeiro monarca do século XIX a falar ao telefone, nos EUA, durante a Exposição Científica comemorativa dos 100 anos da independência norteamericana, na cidade de Filadélfia. Num domingo, dia 25 de junho de 1876, o imperador encontro-se com Graham Bell, que o convidou para que experimentasse seu novo invento. Pedro II aceitou. Bell ficou numa ponta do fio, a 150 metros de distância e, pegando o fone, recitou os versos de Shakespeare: To be or not do be, that is the question (Ser ou não ser, eis a questão). Com o aparelho ao ouvido, Pedro II ouviu claramente a voz de Bell e, entusiasmado, gritou, em Inglês: Oh, my God! It speaks! (Meu Deus, isso fala!).

 8.    Duas mentiras e uma meia-verdade. Tiradentes não usava barba nem cabelo comprido, porque era alferes do exército brasileiro e o regulamento não permitia esse figurino (como ainda hoje não permite). Os seus simpatizantes pintaram o retrato dele assim para que ficasse parecido com Jesus, tentando igualá-lo ao Cristo, como mártir.

 9.    Verdade. Pedrão era um garanhão e mulherengo incorrigível. Teve 8 filhos legítimos e 6 bastardos, com suas diversas amantes. Sabe como é, naquele tempo não existia camisinha nem pílula…

 10.  Verdade. O verdadeiro líder do Quilombo dos Palmares foi o negro Ganga Zumba, que foi assassinado pelos próprios companheiros, que elevaram então Zumbi à categoria de chefe. Zumbi tinha, sim, vários escravos e estava mais interessado no poder e na riqueza (ele possuía muitos bens) do que na abolição da escravatura. Ele mandava matar todos os escravos que tentavam fugir dos maus tratos que sofriam no Quilombo, que, na verdade, era um antro de conchavos políticos.

Deixe um Comentário

Proudly designed by Clickmidia.