5 plantas recomendadas pela NASA para melhorar a qualidade do ar da sua casa

post10

1. Espada de São Jorge

Além de purificarem o ar e produzirem bastante oxigênio durante a noite, as Espadas de São Jorge são consideradas plantas de proteção – ritualisticamente sendo colocadas na entrada das casas.

 

2. Ficus

O Ficus é especialmente eficiente para filtrar o formaldeído, presente em fumaça de cigarro, espuma, madeiras compensadas, colas adesivas e sacos de supermercado. Prefere luz indireta e é indicado para salas de estar e escritórios – mas precisa de espaço, pois é uma planta que pode crescer por metros e metros!

 

3. Samambaia

Por ficar pendurada, a Samambaia é uma ótima opção para ambientes pequenos. Espécie de planta de época, muito popular nos anos 1970 e 1980, a Samambaia não precisa de muita luz nem de muita rega, principalmente no inverno. Filtra poluentes como Benzeno, formaldeído e xileno.

 

4. Antúrio

O antúrio é ideal para cozinha e principalmente para banheiros, por ser uma das plantas mais indicadas para filtrar amônia. Precisa de bastante luz, porém indireta, e funciona também como filtro para os tóxicos liberados pelos produtos de limpeza. Além da cor exuberante, sua flor ainda traz charmosas folhas em formato de coração.

 

5. Gérbera

De flores belas e coloridas, além de alegrar e colorir o ambiente a planta filtra especialmente tóxicos como Tricloroetileno, xileno e formaldeído. A gerbera precisa de bastante luz e solo levemente úmido, mas pode ser utilizada em qualquer ambiente – principalmente em quartos, pois há quem diga que suas flores ajudam a combater a insônia.

Fonte: Hypeness

Deixe um Comentário

Proudly designed by Clickmidia.